Colégio Web

Quais as relações entre o clima e as latitudes?

1Já estudamos sobre as coordenadas geográficas. Hoje, vamos compreender como alguns instrumentos dessa medida são utilizados para que se estabeleça as localizações de quaisquer pontos na superfície da Terra. Para cumprir bem esse papel, a ciência utiliza um importante conceito geográfico: a latitude. O que seria? A distância, medida em graus, de quaisquer pontos da Terra em relação à Linha do Equador. É preciso lembrar que tal linha é imaginária e sai cortando a Terra em duas partes iguais numa linha horizontal. É o que divide o planeta em norte e sul.

Publicidade

A latitude pode variar de 0º a 90º na direção norte e de 0º a -90º para os espaços do sul. Quando se utiliza essa numeração combinando longitude, é possível observar e localizar qualquer ponto na superfície da Terra.

Como essas medidas se relacionam com o clima?

As diferentes latitudes vão interferir de forma objetiva nas questões climáticas. Até mesmo no raio de sol, no aquecimento do planeta ou como os eixos norte-sul se organizam. Tudo o que diz respeito ao clima recebe influências das latitudes e longitudes.

Os especialistas explicam que quanto mais uma latitude se aproxima do pólo da Terra, menor ficará a temperatura. De forma semelhante, quanto mais próxima a latitude estiver da Linha do Equador, maior será a temperatura.

Essas oscilações acontecem em função das regiões que abrigam tais áreas estarem mais próximas à Linha do Equador, conhecida como região equatorial. Assim, receberão uma maior quantidade de raio solar intenso. E isso ocorrerá ao longo de todo o ano. Já nas regiões mais polares, na área sul e norte, menores quantidades de calor do sol serão observadas.

Formação das zonas climáticas

2É em função disso que podemos observar e estabelecer a existência de zonas climáticas que ficam localizadas nas faixas de latitude. É a partir desses motivos que entendemos o porquê do clima ser observado de forma diferentes em cada região.

A Zona Tropical tende a ser mais aquecida. Nesse aspecto, os territórios brasileiros estão mais localizados nesta zona. Assim, as temperaturas percebem-se mais elevadas que em outros países. De outra maneira, na Zona Temperada, ao longo de boa parte do ano, vamos observar baixas temperaturas. É o que ocorre em algumas regiões do sul do Brasil que possuem frio forte e, em alguns casos, até mesmo neve. Na área da Patagônia, próxima à área sul da Argentina, observam-se os espaços mais gelados do continente.

E nas Zonas Polares, o que acontece? Neste caso, onde estão localizados os pólos da Terra, as menores temperaturas são observadas. É o que acontece no continente do extremo norte americano, regiões da Europa e Ásia. Nessas áreas, a população passa por elevadas temperaturas e acaba sofrendo com o intenso frio. Há, inclusive, espaços considerados inabitáveis.

A ciência lembra que a latitude não pode ser o único aspecto a interferir nas questões climáticas. Há regiões que, mesmo que alojadas nas áreas equatoriais, acabam sendo frias por conta da altitude e vários outros fatores.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados