Colégio Web

ProUni 2016: guia completo

Publicidade

Muitas pessoas acabam desistindo de fazer uma boa faculdade por não se acharem capazes de entrar em uma ou simplesmente por não terem renda o suficiente para pagar uma boa faculdade. Porém, isso pode sim ser contornado por meio do Programa Universidade para Todos, o ProUni.

Ele nada mais é do que um programa criado pelo governo que busca ajudar estudantes de baixa renda, oferecendo a eles bolsas que podem ser parciais ou integrais em universidades particulares reconhecidas pelo Ministério da Educação, o MEC.

E é exatamente por isso que reunimos aqui um guia que vai ajudar você a participar do ProUni. Ficou curioso para saber mais? Continue lendo e confira.

Quando acontece?

ProUni2016

O ProUni é um programa que acontece todos os anos, duas vezes por ano. A primeira edição contempla os estudantes que irão ingressar como bolsistas no primeiro semestre de aulas e a segunda edição é voltada para alunos que vão entrar na faculdade durante o segundo semestre.

A segunda edição deste ano já está acontecendo e tem data de inscrição que vai do dia 7 de junho (terça-feira) até o dia 10 de junho (sexta-feira).

Quem pode participar?

A grande dúvida das pessoas é: eu posso ou não participar do ProUni? Portanto, antes de fazer a inscrição é preciso saber se você tem o perfil adequado para pedir uma bolsa no programa.

Antes de qualquer coisa, você não pode ter nenhum diploma de nível superior. Isso porque o programa busca beneficiar brasileiros que ainda não tiveram a oportunidade de concluir um curso universitário.

ProUni 2016

Como o ProUni usa como critério de seleção as notas obtidas na versão mais recente do ENEM, é preciso que você tenha participado da prova para poder se inscrever no programa. O desempenho mínimo exigido é de 450 pontos na média geral da prova e nota maior que zero na redação.

Além disso, é preciso ter uma condição financeira baixa para poder se inscrever. O limite de renda bruta familiar máxima de quem pode obter o benefício é de três salários mínimos por pessoa.

Mais ainda, também é preciso se encaixar em pelo menos um dos requisitos, como ter feito o ensino médio completo em escola pública, ter feito o ensino médio completo em escola particular como bolsista integral, ter feito parte do ensino médio em escola pública e outra parte em escola particular como bolsista integral, ser pessoa com deficiência, ser professor efetivo da rede pública de ensino e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Neste último caso não é preciso ter comprovação de renda.

Tendo isso em mente, basta acessar o site do ProUni, informar todos os dados que a página pede e seguir as instruções para completar a inscrição.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados