Colégio Web

O trabalho infantil na atualidade

O trabalho infantil não ficou enterrado no passado. Ainda é possível encontrar muitas crianças vivendo sobre esse regime ilegal. Confira mais detalhes!

Publicidade

Você sabia que a vida e a infância de muitas crianças não é nada fácil! Vamos conhecer como era a vida das crianças de antigamente? Será que tanta coisa mudou mesmo?

No passado, o cotidiano podia ser bem parecido com a vida das crianças de hoje sob vários aspectos como de brincar, de se alimentar, de aprender, mas é bem diferente da vida das crianças do passado.

Antigamente, os adultos eram escravizados, ou seja, trabalhavam para outras pessoas sem direito a remuneração; não eram livres; viviam sob a vigilância e guarda, para não fugirem. E com as crianças isso não era diferente! Quando completavam 8 anos de idade, ficavam sob a guarda de seus pais e tinham que trabalhar.

Trabalho infantil

Trabalho Infantil

Por volta do século XX, aproximadamente, no ano de 1960, os filhos de pessoas mais pobres trabalhavam para ajudar no sustento da família, mesmo correndo os mais perigosos riscos. Nessa época, não existia leis que proibissem o trabalho infantil e muitas crianças trabalhavam em fábricas, feiras e nas ruas e ganhavam uma quantia insignificante.

No Brasil, atualmente, há leis que proíbem o trabalho infantil, pois o lugar de criança é na escola, para que aprendam e se preparem para uma profissão no futuro. Isso seria o ideal, o correto, mas sabemos que vivemos numa realidade bem diferente.

Direitos e deveres das crianças

Infantil Trabalho

Como já vimos o trabalho infantil é proibido por lei em nosso país, mas isso não é respeitado! Nem todas as crianças frequentam a escola e possuem os seus direitos garantidos. Em várias regiões do nosso país, há crianças que realizam diferentes formas de trabalho com baixíssimas remunerações e muitas vezes são até escravizadas. Elas não possuem a menor escolha e passam o tempo todo trabalhando sem brincar, estudar e se divertir como deveriam.

Você mesmo já deve ter visto, por várias vezes, crianças, como você, vendendo balas, chocolates nos faróis de ruas ou avenidas. Essa é uma triste realidade!

Em regiões mais pobres e de total miséria, as crianças realizam trabalhos perigosos e pesados, fazem a vez de um adulto e recebem muito pouco pelo trabalho.

Essa situação é vivenciada em nosso país e no restante do mundo. Essa é uma situação que precisa ser modificada, pois uma criança precisa de cuidados, precisa estudar, brincar, se alimentar dignamente e assumir responsabilidades como ajudar nas tarefas de casa, realizar as lições da escola, aprender a ser solidário, e principalmente, a ser criança.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados