Colégio Web

O surgimento da Filosofia

A Filosofia surge na Grécia Antiga, no período clássico, no final do século VII e início do século VI antes de cristo.

Publicidade

A Filosofia surge na Grécia Antiga, no período clássico, no final do século VII e início do século VI antes de cristo. Pitágoras, aquele que estudamos na Matemática, foi quem deu origem a essa coisa de juntar palavras. E acabou surgindo o termo Filosofia.

Philo: derivada de philia, significa amizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia: quer dizer sabedoria e dela vem a palavra sophos, sábio.

Pré-história até período clássico: os deuses eram responsáveis por tudo

surgimento da filosofiaSaiamos do período clássico grego e voltemos ao período pré-histórico. Como o homem pré-histórico entendia os fenômenos naturais? Os raios, trovões, agricultura? Hoje tudo isso parece tão óbvio, não é? Porém, naquele período, o homem pré-histórico “acha” que existem seres superiores para realizar tais fenômenos. Quem seriam esses seres? Os diversos deuses. O deus da morte, do amor, da chuva, da fertilidade, do trovão…enfim.

Quando os pré-históricos passam a entender o funcionamento da agricultura eles deixam de ser nômades e adotam uma determinada região, descobrindo como plantar e colher. Surgem então os vilarejos, os clãs, as cidadezinhas. Quando o homem deixa de ser nômade, as relações são de igualdade: todos faziam e tudo era dividido igualmente. Esses clãs, passado algum tempo, se transformaram nas pólis gregas. É quando surge a democracia, quando o povo elege seu governante. São as cidades-estados.

Da mesma forma que o homem pré-histórico, os gregos continuavam a acreditar em deuses. Panteão, que, etimologicamente, deriva de pan (todo) e théos (deus), significa, literalmente, o conjunto de deuses de determinada religião. No caso da Grécia, os deuses viviam no monte Olimpo. Zeus era considerado o deus dos deuses.

De que os gregos sobreviviam?

Do ponto de vista geográfico, o relevo da Grécia não favorecia o desenvolvimento da agricultura. Por conta disso o povo grego começou a se valer do comércio e do artesanato. Como consequência, para escoar seus produtos, também passaram a estudar a arte da navegação. Começaram a ter contato com outras culturas. Nessas viagens, perceberam que os demais povos também cultuavam seus deuses. E os gregos começaram a se questionar: mas todos os deuses não estavam no Olimpo? Como podem existir deuses fora do Olimpo?

Já existia política nessa época?

surgimento da filosofiaSim! Muito se fala que a Grécia foi o berço da democracia. Como já existiam cidades-estados, também chamadas de pólis, cada uma delas possuía um governante, que inclusive já fazia uso da propaganda política. O problema começou porque muitos desses políticos faziam propaganda, mas não cumpriam suas promessas. Passa a surgir mais um questionamento do povo grego: porque os deuses não puniam esses políticos? Os gregos começaram a querer entender essa realidade. E para isso é que surge a Filosofia: desenvolver um pensamento crítico. Os pensadores querem entender a essência das coisas. O primeiro elemento que compõe as coisas: vivas ou não vivas. Imaginem que tudo isso ocorre cinco séculos antes de Cristo.

A Filosofia!

A filosofia grega quer o conhecimento racional. Da origem, das causas, da natureza, do pensamento. Os outros povos da época não eram tão sistemáticos quanto o povo grego. E o pensamento grego acaba sendo repassado para outras regiões da Europa ocidental. Vai para Roma e outros espaços. Chega, inclusive, ao Brasil com a colonização. Esse modo de pensar deu origem às seguintes palavras: razão, racionalidade, técnica, ciência, método, ética, política. São todas palavras de origem grega. O pensamento grego tem peso. Foi incorporado por várias culturas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados