Colégio Web

O que são línguas opacas?

Publicidade

Muitas pessoas acreditam que o português é uma língua complexa, especialmente por conta da quantidade de formas que existem para expressar uma única coisa ou um único sentimento.

Mas o que se sabe de fato é que há idiomas que são mais nebulosos em seu entendimento do que a língua portuguesa, e isto se dá por conta de alguns fatores importantes que nós vamos visualizar nas próximas linhas.

Nas próximas linhas, nós vamos conhecer as chamadas línguas opacas, que nada mais são do que os objetos deste artigo, para mostrar um pouco mais sobre algumas das línguas mais complexas da atualidade.

O que são por definição?

Linguas Transparentes

Para quem ainda não sabe, as línguas opacas nada mais são do que línguas que permitem uma correspondência entre fonema e grafema realmente complexa.

Esta correspondência e esta relação se dão da seguinte forma: um fonema pode ter vários grafemas o representando, ao passo que um grafema pode possuir vários fonemas.

Para ficar mais clara a sua significação, é importante entender que há um contraponto em relação às línguas opacas, que são as línguas chamadas transparentes, que possuem correspondências mais claras e mais diretas entre a grafia da letra e o seu som.

Ou seja, são mais fáceis de entender e são mais límpidas no que diz respeito à capacidade de expressar sentimentos, ideias e humores, facilitando, entre outras coisas, o aprendizado por parte dos estudantes estrangeiros.

Exemplos de línguas opacas não faltam, mas é fato que a língua opaca mais famosa de todas é o inglês, enquanto que dentre as línguas transparentes mais famosas, podemos destacar o finlandês.

Mas apesar de ser considerada uma língua opaca, não significa que o inglês seja de fato uma língua difícil de ser aprendida por parte dos estudantes estrangeiros, apenas significa que ela é uma língua de difícil compreensão em alguns momentos.

Por conta do fato de serem línguas opacas, onde há confusão entre fonemas e grafemas, a verdade é que há uma maior chance de haver erros, o que ocorre em menor grau em línguas mais transparentes.

Outro exemplo de língua transparente é o italiano, que permite que a relação entre escrita e fala seja maior do que a que é vista em línguas opacas, como o francês e o inglês.

Linguas Opacas

A importância de se saber isto para o nosso dia a dia

Dentro do que se entende por linguagem opaca, é importante que se entenda que há uma relação complexa entre fonema e grafema, que pode confundir e induzir ao erro, aumentando o sinal de alerta das pessoas.

Portanto, apenas por este motivo, já é correto afirmar que conhecer a importância das línguas opacas e suas diferenças em relação às línguas transparentes é fundamental para o nosso dia a dia.

E para os estudos, principalmente para os estudantes de idiomas, como o inglês e o francês, é fundamental que se tenha em mente que há uma grande quantidade de situações em que pode ser mais complicado conseguir entender as diferenças sutis entre fonemas e grafemas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados