Colégio Web

O Carnaval e a participação das crianças

A criançada pode, e deve, curtir o carnaval. Veja alguns de nossos conselhos e recomendações, para que elas tenham momentos bastante alegres nesse evento!

Publicidade

As crianças adoram qualquer tipo de brincadeira, e cair na folia é com eles mesmos! Quem não gosta de pular, dançar e gastar energia com alegria e diversão?! Pois é! Os pequenos para cair na folia e agitação precisam de muitos cuidados e atenção redobrada.

Essa atenção redobrada deve ser nos blocos na rua, no clube, nos salões, no sambódromo, seja qual for o lugar os pais devem estar atentos com a segurança e com a alimentação das crianças especialmente nesses dias de muita agitação e tempo quente.

O carnaval é uma festa de muita alegria, agitação e diversão, mas é uma festa comemorada em dias quentes de verão.  Esse ano, o verão não está de brincadeira! O clima está seco e quente por esse e outros motivos muito cuidado com as crianças.

Especialistas recomendam que devido aos dias muito quentes qualquer atividade física realizada pelas crianças deve ser moderada, pois existe o risco de desidratação, além de quedas de pressão e outras situações que podem ocorrer. Ofereça a todo o momento líquido, preferência água, para seus filhos, com o calor o corpo transpira e a perda de líquido é muito maior. Caia na folia com segurança!

Carnaval Criança

Evite lugares de grandes multidões, as crianças em lugares fechados e abafados podem se sentir mal, inclusive se estiverem em salões. Embora se tenha o ar condicionado, pode-se correr o risco de algum acidente. Qualquer distração a criança pode se perder, portanto fique bem atento.

De acordo os pediatras a criança já pode participar da festa do carnaval com um ano de idade, desde que seja respeitada os seus limites.

Geralmente, nos salões, a brincadeira deve acontecer com as fantasias. Alguns fazem competições da mais bela fantasia ou qualquer coisa no gênero e nessa situação os pais querem que os seus filhos façam bonito na festa. Mas lembrem-se que o mais importante é que a criança esteja a vontade para participar da brincadeira. As competições são válidas, mas após o resultado, permita que a criança se sinta bem à vontade, com roupas leves, claras, folgadas que permita a ventilação facilitando o refrescamento do corpo. Afinal, criança é linda de qualquer jeito, não é mesmo? A vestimenta é apenas um detalhe.

Quando a criança for desfrutar da folia em céu aberto como ruas, praias ou no sambódromo orientamos a utilização de protetor solar, não passar muito tempo a exposição do sol, utilizar bonés, chapéus, lenços para a proteção, utilizar roupas bem leves e de preferência com tecidos próprios para a transpiração e facilitação de refrescamento do corpo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados