Colégio Web

Maiores terroristas da História

O FBI (polícia federal americana) reuniu em um artigo os dez maiores terroristas da história e os mais procurados pelo mundo. Conheça-os!

Publicidade

Com a morte de Osama Bin Laden, um dos maiores terrorista da história do mundo, líder da Al-Quaeda, o FBI (polícia federal americana) reuniu em um artigo os dez maiores terroristas da história e os mais procurados pelo mundo.

Segundo o FBI, eles pretendem procurar os terroristas até que as acusações contra eles sejam removidas ou se comprovadas, que os mesmos sejam eliminados.

No total são 29 nomes citados na lista, e o Bin Laden lidera o primeiro lugar do ranking, onde o próprio governo americano por recompensa garantia mais de 25 milhões de dólares. Bin Laden foi morto em maio de 2011 pelas Forças Armadas dos EUA.

Bin Laden

Ente os 29 nomes divulgados, estão além de Bin Laden os, Ayman Al Zawahiri, Adnan G. El Shukrijumar, Fahd Mohamed Ahmed Al Quso, Jamel Ahmed Mohammed Ali Al-Badawi, Saif Al Adel, Abdullah Ahmed Abdulah, Mohammed Ali Hamadei, Ali Atwa, Hasan Izz Al Din, Adam Yahiye Gadahn, entre muitos outros acusados.

Todos da lista contam com textos referentes ao perfil, acusações e recompensa.

Após o terrorista morto Bin Laden, vem o Ayman Al Zawahiri, que é um médico egípcio e fundador da Jihad Islâmica Egípcia, uma organização contra ao governo Hosni Mubarak que tentava acaba-lo através de tentativas violentas.

Com a criação da Al-Qaeda o grupo passou a se fundir com eles. Al Zawahiri é acusado de participar em agosto de 1998 dos bombardeiros nas embaixadas dos Estados Unidos, na Tanzânia e também no Quênia. Segundo dados da pesquisa, a recompensa dada a ele era de cerca de 25 milhões de dólares, o que corresponde a 39 milhões de reais.

Osama Bin Laden

Outro terrorista conhecido ocupa o topo da lista no segundo lugar, Adnan G. El Shukrijumar, conhecido como um dos líderes do programa de operações externas da Al Qaeda. É acusado de nos Estados Unidos planejar ataques e alvos americanos e britânicos no ano de 2010. A recompensa era de cinco milhões de dólares, ou seja, cerca de oito milhões de reais.

O terceiro é Fahd Mohamed Ahmed Al Quso, com também um perfil de se unir a Al Qaeda na Península Islâmica. É acusado por participar do atentado a bomba contra o navio americano USS Cole, onde aconteceu a morte de 17 marinheiros nos anos 2000. Em 2003 foi preso por autoridades locais, poré, escapou.

Há história de que ele pode ter sido morto durante o ataque de aviões militares não-pilotados americanos no ano de 2010, no Paquistão. A recompensa dada a ele era de também cinco milhões de dólares.

Muitos terroristas são procurados pelas autoridades americanas e grande parte não se sabe aonde estão e se foram mortos ou não.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados