Colégio Web

Keynes x Hayek – Lendas do século XX

Publicidade

Keynes e Hayek são considerados dois gigantes da história da economia e cada um deles segue uma linha de raciocínio diferenciada. Tanto Keynes quanto Hayek seguiam uma linha completamente contrário ao socialismo, ao Bolchevismo e também quanto à Revolução Russa.

Keynes

Keynes foi consultor econômico e também membro do Partido Liberal, que era o partido predominante no capitalismo britânico durante todo o século XIX e também parte do século XX. Dessa forma, o economista serviu de influência para a macroeconomia moderna.

Keynes

Com isso, ele foi responsável por defender uma política econômica de Estado intervencionista, onde os governos faziam uso de medidas fiscais e monetárias para anular os efeitos econômicos, como a recessão e também a depressão. A maior parte das ideias de Keynes serviu como uma base para a escola de pensamento conhecida como economia keynesiana.

Durante o ano de 1930, o economista deu início a uma revolução quanto ao pensamento econômico, se colocando totalmente contrário quanto às ideias da economia clássica. Ela que defendia que os mercados livres oferecessem empregos aos trabalhadores, mas era necessário que eles fossem flexíveis nas demandas salariais. Porém, a influência de Keynes na política econômica começou a ruir na década de 1970, tudo isso começou por conta dos resultados compostos por muitos problemas que começaram a afligir as economias do mercado britânico.

Hayek

Outro economista muito conhecido e que é responsável por marcar a história do mundo é o Hayek. Ele propôs uma teoria levemente contrária a de Keynes, pois, segundo o economista, a mente humana nada mais é do que um sistema adaptativo, sendo assim, os seres humanos são capazes de se adaptar com as mudanças.

Hayek

Todavia, uma grande semelhança entre os dois economistas era de que Hayek defendia as ideias liberais e, além disso, também era um grande critico quanto ao intervencionismo estatal. Ele acreditava que a economia não podia se separar da vida humana.

Dessa forma, a principal linha de raciocínio era de que o Estado, a partir do momento que controlasse a economia, poderia também controlar a vida de todas as pessoas, privando-as completamente de suas liberdades.

Assim, estes dois economistas fizeram parte da história da economia mundial e foram também responsáveis por mudar o modo de comandar a situação do país.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados