Colégio Web

Importância das brincadeiras no desenvolvimento das crianças

As crianças aprendem logo após o nascimento que a comunicação é fundamental para a sua sobrevivência. E brincando, elas a desenvolvem mais! Entenda.

Publicidade

As crianças aprendem logo após o nascimento que a comunicação é fundamental para a sua sobrevivência. Elas aprendem que a comunicação deve fazer parte do seu cotidiano, observam que a rotina foi alterada, e que, portanto, o que somente lhes restam a fazer é chorar. Literalmente, o choro é a primeira lição a ser aprendida. É por meio dele que a criança demonstra os seus sentimentos e desejos como: a fome, a dor, o incômodo, a irritação, as sensações de calor ou de frio e o sono. Quem consegue segurar o sono de uma criança quando ela quer dormir? Ou então fazer a criança parar de chorar quando ela quer comer?

Ela entende que com o choro terá o seu desejo será atendido, e sabemos que isso realmente acontece. A mãe entende o choro do bebê e logo a comunicação entre mãe e filho é estabelecida.

Aos poucos a criança aprende a imitar os sons, a apontar o que deseja e a balbuciar algumas palavras. A criança aprende observando e aprende por intuição.

A criança precisa de estímulos para tornar o aprendizado mais fácil e também divertido. Em determinada fase da vida, a criança aprende a interagir com o meio e com as pessoas com quem convive. A criança reage às manifestações dos adultos chamando a atenção fazendo graça, jogando beijinhos, batendo palmas, pegando objetos e fazendo entre muitas outras proezas.

Criança brincando

Toda criança precisa ser estimulada. Uma das formas de estimular a criança é com as brincadeiras. Quem não gosta de brincar? Até os adultos gostam de brincar, não é verdade? Com a diversão, a criança aprende a se relacionar com os outros, consigo mesma e com tudo mais que está ao seu redor. Mesmo sozinha, a criança brinca e inicia o aprendizado da interatividade. Esse ato é fundamental e qualquer um é bem vindo. Brincando a criança aprende que no mundo existem as pessoas, os amiguinhos, os pais, os professores e aprende a lidar com suas emoções. A criança aprende que na vida, assim como nas brincadeiras, existem regras, normas, condutas, aprende o que é certo e errado, a ganhar e a perder, aprende a dividir e a viver em grupo respeitando as diferenças entre as pessoas.

Essa brincadeira deve ser administrada pelos pais e pelos educadores de forma sadia, sempre como forma de orientação. Essa fase do aprendizado vai se estabelecendo por etapas e por meio da interação.

Atualmente, vários brinquedos e objetos lúdicos são oferecidos às crianças, seja na escola ou em casa, e ajudam a tornar o aprendizado uma forma mais prazerosa e harmônica.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados