Colégio Web

Idiomas mais complexos do globo

moai_ilha_de_pascoaAprender novos idiomas sempre faz bem ao desenvolvimento do cérebro. O conhecimento de novas palavras e seus respectivos significados já é interessante em nosso próprio idioma, então imagine em outras formas de linguagens? Sabemos que algumas delas são mais tranquilas de serem aprendidas. Mas, hoje vamos falar de alguns idiomas que estão encabeçando a lista dos mais complexos. Não se assuste, basta um pouco mais de esforço e logo você resolve tal desafio.

Publicidade

Por que determinadas línguas mais parecem códigos do que palavras? Que tantas mensagens cifradas são essas que nos fogem à compreensão? É importante destacar que um idioma pode ser mais difícil que outro a partir de conceitos bem subjetivos. O que é difícil para nós brasileiros, pode ser muito elementar para quem vive no Japão. A própria gramática portuguesa pode ser um verdadeiro misto de incompreensões para os alemães. Isso tudo mostra o quão diversa pode ser a linguagem.

Árvore genealógica dos idiomas

Em meio a toda essa mistura, surge uma explicação bem lógica. Quando mais distante um idioma for da nossa origem linguística, mais ele parecerá confuso para o aspecto da aprendizagem. Há uma construção da árvore genealógica dos idiomas que mostra: para um brasileiro, fica mais fácil aprender o espanhol. Essa última tem as mesmas origens etimológicas que a língua portuguesa. As duas línguas surgiram a partir de derivações do greco-romano. Por outro lado, para um brasileiro aprender o idioma grego, teria que ter ligações com os povos helênicos que deram início à linguagem greco-romana. As pronúncias são diferentes e os alfabetos também se diferenciam. Assim, muitas das dificuldades de aprendizagem passam a ficar mais claras.

Mesmo com toda a dificuldade e singularidade de cada língua, há um elemento bem importante que retira as barreiras e torna o desafio mais interessante: o aspecto motivacional. Quando você precisa se deslocar para um outro país, não há mais condições de protelar a importância de entender o idioma naquela nação. Mesmo que o mandarim venha de um alfabeto completamente diferente, com pronúncias bem inusitadas, você pode estar encantado com a China. Então, toda a motivação chega. Além disso, vale procurar boas escolas e professores que sempre apresentam estratégias bem interessantes para a compreensão da nova língua. E aí você pode sim entrar em contato com mais de um bilhão de falantes desse tão diferente linguajar.

As mais difíceis

ideo1° lugar – Xóõ: alguma língua indígena? Não…e realmente existe um idioma com esse nome? Sim! O “Xóõ” é falado por pelo menos cinco mil habitantes da Botsuana e Namíbia. Dividida em quatro diferentes tons: baixo, médio decrescente, médio e alto, trata-se de um idioma com uma peculiaridade nada agradável. Para aprendizes desavisados, pode causar dor de cabeça.

2° lugar – Árabe: mais conhecida e falada em nações do Oriente, possui alfabeto diferenciado e sem vogais. Nesse sentido, o aprendizado acaba sendo mais dificultoso. As letras do alfabeto árabe podem vir em até quatro diferentes modalidades.

3° lugar – Vietnamita: a depender da pronúncia, o idioma vietnamita pode confundir e muito seus falantes. Todo o cuidado para não ocorrer interpretações errôneas.

4º lugar – Mandarim: idioma falado por bilhões, também apresenta dificuldades de pronúncia. O sistema de escrita no mandarim é tradicionalmente complexo.

5° lugar – Japonês: apresenta três alfabetos diferentes, com mais de dez mil símbolos. Muita paciência para desvendar tantos mistérios.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados