Colégio Web

Evolução da educação das crianças no Brasil

Você sabia que, antigamente, não existiam tantas escolas como existem nos dias de hoje? Quando elas surgiram? Confira toda sua trajetória na história!

Publicidade

Você sabia que, antigamente, não existiam tantas escolas como existem nos dias de hoje? Atualmente, existem escolas públicas municipais, estaduais e escolas particulares em que as crianças possuem a oportunidade de aprender e de ensinar também. A escola deve ser uma grande troca de oportunidades e de experiências.

Ela sempre teve a sua importância, pois é na escola que aprendemos a ler, a escrever e conhecer coisas novas, um mundo novo cheio de encantos, de cores, de obstáculos e de surpresas. Vamos conhecer como era a educação naquela época tão antiga.

Educação das crianças ao longo da história do Brasil

Primeira Escola Brasil

Com a chegada dos portugueses em 1500, foi preciso construir uma cidade, para a moradia dos governantes e para a elite portuguesa. Escolas foram construídas para o ensinamento das crianças, principalmente, os filhos da burguesia portuguesa. Essas escolas eram administradas pelos padres jesuítas que ensinavam a religião e as primeiras letras. Posteriormente, os filhos dos indígenas também foram catequizados pelos padres jesuítas.

Com o passar do tempo, foi preciso mais mão de obra para trabalhar e nessa ocasião os portugueses trouxeram africanos escravizados e seus filhos (crianças africanas livres) que eram proibidas de frequentar as escolas. Você deve estar se perguntando como elas aprendiam, não é mesmo? Essas crianças aprendiam com os seus pais e com outras pessoas mais velhas sobre a história e a tradição de seu povo, suas lendas, crendices, religião e dança. Um exemplo de que essa tradição teve tanta força e honra de seu povo são as danças como a capoeira que foi transmitida de geração em geração. Essa dança era uma mistura de dança e de luta que desenvolviam o corpo e a mente. Era uma forma de reflexão e ao mesmo tempo de entretenimento.

Escolas Brasil

Essa dança, atualmente, é um símbolo dessa tradição em nosso país. Nos referimos a ela com o termo “jogar capoeira”. Muitas academias ensinam esse “gingado”, unindo técnica e dança. Os africanos deixaram muito de sua cultura, assim como a religião que é cultivada por vários povos brasileiros.

Até por volta de 1800, no Brasil, as escolas eram desorganizadas, funcionavam em casas, fazendas, e até mesmo em espaços não adequados. As crianças mais ricas aprendiam em casa com professores particulares, que eram chamados de tutor.

Em 1900, imigrantes vindos da Europa, principalmente, italianos chegaram ao Brasil para trabalhar nas fazendas de café. Os filhos desses imigrantes iam estudar em escolas públicas. Foi somente a partir de 1930, que as instituições de ensino permitiram que todos os grupos e raças tivessem as mesmas condições de aprender a ler e a escrever.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados