Colégio Web

Como lidar com os amigos imaginários das crianças?

Os amigos imaginários são seres que fazem parte da vida da grande maioria das crianças. Eles são muito importantes para suas formações. Confira mais detalhes!

Publicidade

A criança cria o seu próprio mundo com muita fantasia e convive com seres imaginários e com poderes especiais. A partir do dois anos de idade, ela já vive no seu mundo. Cria o seu universo, onde tudo é possível e permitido. Seus pensamentos viajam e como se estivesse em órbita fora do planeta Terra. Cada criança possui um amigo imaginário.

Esse amigo tem forma, sentimento, fala, sente dor, chora, fica triste, contente, ri e brinca junto dela o tempo todo. Mas nem tudo são flores e monstros assustadores também aparecem e causam medo.

Ele é o companheiro que está presente em todos os momentos, nas horas boas e nas horas ruins. É com ele que a criança aprende a desenvolver os seus sentimentos e relacionamentos, pois é o seu primeiro amigo.

Amigo Imaginario

O mundo da criança é um universo lúdico, é o mundo em que ela lida com suas emoções e frustrações. Ela expressa aquilo que vê, o que sente e tudo que está a sua volta, as suas vivências. Muitas vezes, é influenciada pelos desenhos animados, filmes e jogos.

Os pais devem fazer de conta que esse amigo imaginário existe. Ele pode ser um aliado aos pais para o amadurecimento e aprendizado na criança. Como? Pode-se “usá-lo” para educar, impor limites e comportamentos. O amigo imaginário possibilita mais segurança para que a criança enfrente seus medos e angústias.

O amigo imaginário desaparece assim como o medo de palhaço, Papai Noel, trovão, escuro; tudo desaparece de acordo com o seu amadurecimento e com a ajuda dos pais que devem tratar cada um desses assuntos com naturalidade, ensinando a criança a lidar com seus medos e insegurança.

Os pesadelos infantis

Na hora do sono, os pesadelos acontecem e a criança não sabe como lidar com essa situação ruim. Não consegue ainda distinguir o que é real do imaginário. Com a ajuda dos pais, ela começa a perceber que existe uma vida mental, que existe o real e o imaginário, e aprende a diferenciá-los.

Imaginario Amigo

Todos nós temos pesadelos. Eles acontecem dentro do nosso cérebro enquanto dormimos. Na criança não é diferente. Ela acorda assustada, gritando e chamando pelos pais. Nesse momento, é importante mostrar que tudo não passou de um pesadelo, da sua imaginação e que nada é real. Ela para, observa e acredita que o monstro já foi embora e que tudo voltará ao normal. Fique junto da criança, abrace, converse e espere até que ela durma novamente. Certa resistência em dormir será normal, pois ela não quer encontrar aquele monstro novamente.  Calma e tranquilidade é fundamental nessa situação.

Dicas:

Antes de dormir controle o que seu filho irá assistir na televisão e evite filmes ou desenhos violentos e agitados. Isso ajuda no ritual do sono.

Para ter uma noite de sono tranquila, é preciso criar certos rituais como uma leitura calma e tranquila, uma conversa rápida, definir horários de ir para a cama, manter a iluminação adequada e aconchegante e o quarto arrumado.  Tudo isso contribui para um sono mais tranquilo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados