Colégio Web

Como funciona o FIES?

Publicidade

Muitos sistemas e programas desenvolvidos pelo governo brasileiro visam o crescimento e o desenvolvimento de setores primários do país, como saúde, segurança e educação. Nesta última área, podemos contar com diversos programas de bolsas e concursos que ampliam os horizontes de estudantes e garantem oportunidades aos que não tem condições financeiras para realizar determinados sonhos educacionais.

Entre muitos programas do governo relacionados ao estudo no ensino superior, o FIES é um dos grandes beneficiários, que garantiram a chance de ensino de qualidade ao público que quer estudar, mas não apresenta condições financeiras para o pagamento de universidades particulares. Através do programa, o estudante tem a oportunidade de crescer no mercado de trabalho contando com um diploma em uma faculdade particular, garantindo que possa ter a chance de aprender mais e desenvolver suas habilidades.

FIES

O que é o FIES?

O FIES, programa de Financiamento Estudantil, surgiu em 1999 como uma iniciativa de substituição ao Programa de Crédito Educativo (PCE, ou CREDUC). O objetivo do programa, como define a sigla, é financiar a graduação de estudantes que não têm condições financeiras de bancar o estudo em uma universidade. Participando do financiamento de graduação no Ensino Superior, arcando com os custos da formação acadêmica do estudante, o FIES é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de alunos que não teriam condições de estudar em faculdades particulares, por exemplo.

Como funciona o FIES?

FIES 2015

O estudante precisa se escrever no programa, que é de acesso público, seguindo a regulamentação expedida relacionada à matricula regular em instituições não gratuitas que estejam cadastradas no FIES e contem com avaliação positiva nas notas apresentadas pelo MEC. Para conseguir sua bolsa no programa, o estudante estar cursando ou passar no vestibular de uma das instituições relacionadas, além de ter prestado a prova do ENEM. Fazendo sua inscrição no programa pela internet, o bolsista poderá pagar um valor de até R$ 50 a cada três meses durante seu curso. Após a formatura e a conquista do diploma, o estudante deve conseguir um emprego e pagar o empréstimo do programa, a partir do saldo aplicado na Tabela Price, responsável por estipular as parcelas de pagamento. O contrato do FIES é assinado com a CAIXA ou com o Banco do Brasil, e garante apoio durante o curso, até o momento em que o estudante poderá quitar sua dívida.

Como uma ótima alternativa para garantir seu diploma, cadastre-se no FIES através do site oficial, no endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados