Colégio Web

Brasil está atrás do Sri Lanka em IDH

Publicidade

Após anos de escalada na lista do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), em 2015 o Brasil perdeu algumas posições na lista que ranqueia os países de acordo com seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Em 75º lugar entre 188 países classificados, o Brasil foi ultrapassado pelo Sri Lanka, uma ilha localizada ao sul da Índia e que conta com cerca de 21 milhões de habitantes. O indicador leva em conta aspectos como expectativa de vida, tempo de escolaridade e renda.

Com um IDH de 0,755, apesar da queda, o país segue como um membro da categoria de Alto Desenvolvimento Humano, da qual fazem partes países como México, Cuba Venezuela e Uruguai, todos eles mais bem colocados na lista do que o Brasil.

Em primeiro lugar apareceu a Noruega, com um IDH de 0,944 e novamente com o pior indicador em último lugar da lista apareceu o Níger, na África, com um índice de 0,348. Realizado há 24 pelo Pnud, o índice funciona da seguinte maneira: quanto mais próximo de 1 melhor a situação do país.

IDH Brasil

Este ano a lista ficou da seguinte maneira:

1º lugar: Noruega.

2º lugar: Austrália.

3º lugar: Suíça.

4º lugar: Dinamarca.

5º lugar: Holanda

6º lugar: Alemanha.

7º lugar: Irlanda.

8º lugar: Estados Unidos da América.

71º: Venezuela.

72º: Turquia.

73º: Sri Lanka.

74º: México.

75º: Brasil.

187º: República Centro-Africana.

188º: Níger.

Vale ressaltar que a lista divulgada em 2015 é relativa ao desenvolvimento do país durante o ano de 2014. Para relembrar, o IDH do Brasil em 2013 ficou em 0,752 e o país ocupou o 74º lugar da lista.

Apesar do número deste ano ter subido em relação ao número anterior, ainda não foi suficiente para manter a posição da lista ou ganhar mais algumas. O Sri Lanka não só não teve seu índice diminuído como apresentou um crescimento maior do que o apresentado pelo Brasil e conquistou algumas posições a mais.

IDH Sri Lanka

Dados brasileiros

Segundo os dados divulgados, o Brasil possui uma expectativa de vida de 74,5 anos, um valor considerado alto. Além disso, a média de anos de estudo de um brasileiro é de 7,7 anos. Vale ressaltar que ambos os indicadores aumentaram em relação ao ano passado, quando eram 74,2 e 7,4, respectivamente.

Porém, houve um indicador que caiu quando comparado a 2014, o índice de renda per capita, que passou de U$ 15.288 em 2014 para U$ 15.175 em 2015. Isso aconteceu devido à retração econômica que tomou conta do país em 2014 e que continua presente em 2015.

No entanto, o que acontece é que a desigualdade presente no Brasil é gigantesca e isso fez com que o IDH brasileiro caísse consideravelmente, fazendo com que o país perca posições na classificação mundial.

Ao contrário do que podem pensar, os efeitos da crise não saíram neste ano. Eles devem ser levados em conta no resultado dos indicadores do ano que vem, que ao menos por enquanto, não tem cara de ser muito promissor.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados