Digite o que você quer buscar:  
Home » Curiosidades » Animais de estimação: como cuidar?
Postado em 30/03/2015 09:52

Animais de estimação: como cuidar?

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1O animal de estimação sempre esteve presente na vida dos homens. Seja para fazer companhia, para o trabalho ou mesmo como meio de transporte. Foi nessa convivência que algumas espécies passaram a ser domésticas e saíram da zona de selvageria. Hoje, o cachorro acaba sendo um dos animais de estimação mais procurados na sociedade. Considerado o amigo fiel, sempre sai em defesa do dono e vive alegre com a sua presença.

E quais devem ser os cuidados essenciais com esses bichinhos? Por exemplo, para se ter um cachorro?

– Frequência no veterinário para confirmar os ciclos de vacinas e evitar doenças perigosas que podem inclusive ser transmitidas para os donos.

– Tosa é como banho na vida dos animais. Algo essencial na rotina para que o calor excessivo não atraia parasitas. Além disso, cuidado com as unhas. Assim, além de saudável o animal também ficará livre de parasitas. Ninguém merece, por exemplo, ver um cachorrinho se coçando o tempo todo.

– Banho semanal e escovação dentária também são rotinas básicas para a higiene.

– Para tratar a pulga ou carrapato que insiste em aparecer mesmo depois de todos esses cuidados, vale a pena investir em xampus específicos ou mesmo sabonetes de qualidade comprovada para o mundo animal. Se possível, o próprio dono deve retirar os parasitas do corpo do bichinho.

Carinho e atenção são indispensáveis

2Os animais de estimação tal qual os humanos acabam se apegando aos donos. Não à toa sempre demonstram alegria com a chegada dos seus “pais”. Por isso, nada mais coerente do que esse mesmo dono estar atento aos passeios e aos cuidados com seu “filhinho”. Nada de deixá-los sem brinquedos ou mesmo presos o tempo inteiro. Isso gera estresse entre os animais.

O cuidado com a alimentação também demonstra o grau de atenção que o dono mantém com o animal e não deve ser tratado de forma precária. Até mesmo a água deve ser fresca e muito limpa. Comida estragada ou sobras de alimentos podem fazer mal ao animal.

Se você ainda não tem o seu bichinho, que tal acolher aquele menor abandonado que você viu em sua rua? Há ainda outros animais que acabam recebendo maus tratos por parte dos donos. Tente combater esse tipo de prática.

Se você teve uma experiência com animal selvagem e não teve muito sucesso, respeite a sua forma de vida e liberte-o.


Publicidade

Recomendados para você

Comentários