Colégio Web

A Teoria de Tudo: a cinebiografia de Stephen Hawking

Publicidade

O Oscar é simplesmente a maior premiação do cinema mundial, e toda a imprensa especializada do mundo todo, bem como todas as pessoas que gostam de cinema, sempre param tudo para observar quais são os vencedores das principais categorias.

Pois neste ano, a entrega da estatueta chamou a atenção de todos para o prêmio de melhor ator, que foi vencido pelo talentosíssimo jovem Eddie Redmayne, que interpretou o físico Stephen Hawking no filme A Teoria de Tudo com maestria impressionante.

Portanto, se você ainda não assistiu a este tocante filme, vamos contar um pouco mais sobre esta cinebiografia que narra alguns dos detalhes mais impressionantes da vida de uma das mentes mais brilhantes que a humanidade já teve o privilégio de conhecer.

Foco no romance

Stephen Hawking Filme

O filme chama a atenção de todos por conta da sua abordagem diferenciada, que dá foco quase que total ao romance entre Stephen e Jane Wilde, que é interpretada pela não menos magistral Felicity Jones.

Com foco neste romance, o filme pode desagradar um tanto aos fãs que procuravam entender mais sobre o funcionamento da mais brilhante mente dos últimos 50 anos, mas ao mesmo tempo, agrada ao público de uma maneira mais geral, já que atrai as atenções e cria empatia entre plateia e personagem.

Importantes descobertas feitas por Hawking são mostradas e retratadas, mas de um ângulo completamente diferente, e sem parecer que elas de fato eram tão importantes quanto eram na verdade.

Mas isto não diminui a força do filme, que tem na atuação magistral de Eddie Redmayne de fato o seu ponto mais alto, já que o ator realmente carregou o filme nas “costas” em muitos momentos.

A luta contra a doença

A Teoria de Tudo a cinebiografia de Stephen Hawking

Diagnosticado com uma doença motora degenerativa logo aos 21 anos, Hawking teve de lutar contra tudo e contra todos, inclusive contra as previsões médicas, para mostrar a todos que ele ficaria vivo e útil por muito tempo.

Os médicos lhe disseram que ele não teria muito tempo de vida, mas o fato é que ele acabou por viver muito mais do que se imaginava, e com isto, ele conseguiu casar, ter filhos e o principal, conseguiu dar contribuições importantíssimas à ciência como um todo.

Suas descobertas sobre o tempo e o espaço são revolucionárias em muitos aspectos, e tornam Hawking uma das mentes mais brilhantes de todos os tempos, sem sombra de dúvidas. E A Teoria de Tudo é simplesmente um ótimo filme sobre sua vida.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados