Colégio Web

5 informações sobre Che Guevara que você não sabia

Publicidade

Considerado um dos maiores ícones revolucionários do século XX, Ernesto Guevara de la Serna, o argentino do mundo que ficou mais conhecido apenas como Che Guevara é simplesmente um personagem envolto em mitos.

Portanto, nas próximas linhas, nós vamos mostrar nada menos do que 5 informações sobre Che Guevara que você com toda a certeza não sabia, e que podem ajudar a lançar luz sobre o mito revolucionário que estampa camisetas de jovens até os dias de hoje.

Execuções

Apesar de ser uma figura quase que mitológica de um revolucionário em nome da justiça e da igualdade, o fato é que Che Guevara tem em sua biografia alguns pontos importantes que podem jogar por terra boa parte dessa aura mitológica.

Che Guevara

As execuções são exemplos claros disto, já que durante o tempo em Che esteve em Cuba, nada menos do que 14 mil execuções de “inimigos” do regime foram feitas, sendo que muitas com ordens diretas do próprio revolucionário.

A foto icônica do “Guerrilheiro Heróico”

A mais famosa imagem de Che Guevara, que entrou para a História como um dos símbolos mais persistentes da cultura pop foi tirada durante um memorial que era dedicado às vítimas da explosão de La Coubre.

O dia era 5 de março de 1960, a cidade era Havana, a capital cubana, que estava repleta de pessoas importantes para o regime cubano, e de repente, o fotógrafo Alberto Korda conseguiu capturar um Che Guevara que olhava para o vazio. O resto é História.

Disfarces

Pouca gente sabe, mas por ser um dos homens mais procurados pela CIA e pelo FBI, Che Guevara teve de viver, em muitos momentos de sua curta vida, como uma pessoa disfarçada.

E foi desta maneira que em alguns momentos, Che Guevara teve de se encontrar com seus filhos, por exemplo, totalmente disfarçado, para que as principais agências de inteligência do mundo não o descobrissem.

Luta no Congo

Guevara Che

Che Guevara acreditava que o único jeito de conseguir derrubar os Estados Unidos seria criando muitos “Vietnãs” ao redor do mundo, para que o país capitalista tivesse de dividir suas forças e acabasse sofrendo novas derrotas.

No entanto, a verdade acabou se mostrando bem diferente, já que ele tentou iniciar sua trajetória de espalhar a revolução pelo mundo no Congo, no que acabou se convertendo num fracasso retumbante.

Anos depois ele acabaria sendo morto durante uma tentativa fracassada de levar a revolução ao solo boliviano.

Condecoração no Brasil

Janio Quadros acabou com seu governo, para muitos, quando, durante visita relâmpago de Che Guevara ao Brasil, decidiu lhe condecorar com a “Grã-Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul”, que é a mais alta comenda do governo brasileiro.

O fato se deu em 1961, e pouco tempo depois, Janio acabou renunciando por conta das pressões que sofria de todos os lados.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados