Colégio Web

3 dicas para você fazer anotações de qualidade

Publicidade

Muitas vezes, os professores estão passando o conteúdo e não estão escrevendo na lousa. É apenas oral. O problema é que eles cobrarão tudo o que estão dizendo no dia da prova, então, você precisa realmente se lembrar do que é dito.

Nestes casos, não dá para escrever o texto inteiro, com todos os detalhes para depois ler e reler seguidamente. Você precisa fazer anotações rápidas! E a grande dificuldade é fazer com que estas anotações ajude-o daqui a 2 ou 3 semanas, quando você não lembrar de mais nada do que o professor disse.

Por isso, é muito difícil ver alunos que fazem anotação de qualidade. A grande maioria está acostumada em copiar tudo o que o professor diz, não a selecionar o que é mais pertinente ou o que pode ser deixado de lado.

Como fazer anotações de qualidade?

3 dicas para você fazer anotações de qualidade

Pense que você deve escrever 3 palavras hoje e fazer com que elas te relembrem tudo o que foi dito daqui a 1 mês. Parece ser difícil, mas não é. O segredo está em fazer anotações corretas, de qualidade, que realmente sejam válidas para relembrá-lo sobre aulas que ocorreram faz tempo.

Abaixo nós temos 3 dicas para você fazer anotações de qualidade, estudar melhor e garantir melhores notas. Confira!

1# – Foque-se nas palavras-chave

O professor dirá muitas coisas ao longo dos 50 minutos de aula. Às vezes pertinente à matéria e outras, sobre uma viagem que ele fez. Então, você precisa ter foco e anotar o que achar importante.

Em 90% dos casos, a palavra-chave da frase vale muito a pena. Esta palavra é aquela que conecta todos os pontos do que ele está dizendo. Por exemplo, se a aula for sobre a Segunda Guerra Mundial, você pode anotar “Campos de Concentração”. Assim, você sempre se lembrará do maltrato sobre os judeus e poderá jogar esta palavra no Google, conseguindo mais um milhão de informações.

Quando for alguma teoria de algum filósofo, não escreva todas as palavras, apenas a linha de pensamento. Você não precisa escrever: “Ele acreditava que toda ciência era falsificável”. Escreva apenas: “Falsificacionismo”. Assim, quando colocar no Google, verá o que é esta linha de pensamento com todos os detalhes.

2# – Tente seguir uma linha cronológica

A melhor maneira de você não se perder no conteúdo é estabelecendo uma correlação dos fatos. Ao interligar todas as pessoas e acontecimentos, o aprendizado fica muito mais fácil, pois você lembrará intuitivamente de todas as informações.

Um bom exemplo são os modelos moleculares. Existem vários ao longo da história, mas todos complementam uns aos outros, então faça anotações dos nomes de quem criou cada modelo. Se for possível, a principal característica. Assim, você terá um modelo embaixo do outro em ordem de aparecimento.

3# – Não deixe extenso

Anotações não são livros. Ao escrever demais, você ficará mais perdido do que antes. Prefira escrever pouco, mas o essencial para que você tenha uma ferramenta de auxílio de estudo para as provas.

Além disso, esta prática treina a memória também! Agora que você já aprendeu como fazer anotações de qualidade, chegou a hora de por em prática.

Boa sorte!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados