Colégio Web

Riqueza Vegetal da Amazônia

Publicidade

FLORESTA AMAZÔNICA: RIQUEZA VEGETAL

Essa floresta cobre a maior parte da Região Norte, e seus limites avançam pelos estados de Mato Grosso e do Maranhão, além dos seguintes países da América do Sul: Guiana Francesa, Suriname, Guiana, Venezuela, Colômbia, Peru, Equador e Bolívia.

A floresta amazônica, que corresponde a um terço da reserva florestal do mundo, apresenta as seguintes características:

a) enorme variedade de plantas;

b) formação higrófila, isto é, típica de ambiente muito úmido;

c) plantas de espécies latifoliadas, isto é, de folhas grandes e largas;

d) plantas de folhas permanentes, que dão cor sempre verde à floresta;

e) árvores de diferentes ipedloucura4que, às vezes, chegam a atingir mais de 30 metros de altura;

f) árvores muito próximas umas das outras, entrelaçadas de cipós, formando uma floresta fechada;

g) abundância de plantas produtoras de fibras, como a placava, e de essências, usadas para a produção de medicamentos, perfumes, corantes, etc.;

h) grande número de árvores produtoras de madeiras de lei, como o cedro e o mogno;

i) vegetais de uma mesma espécie localizados muito longe uns dos outros e espalhados por uma grande área, característica que dificulta a exploração das riquezas da floresta. 

Apesar da aparência homogênea, a Floresta Amazônica apresenta variações locais, de acordo com o clima, o solo e o relevo. Assim, podemos encontrar matas de igapó, de várzea e de terra firme.
A mata de igapó localiza-se junto aos rios, em terrenos sempre alagados. É a mais rica em espécies, sobretudo trepadeiras e arbustos. Suas árvores não ultrapassam 20 metros de altura.

A mata de igapó, junto ao leito dos rios e sobre terrenos permanentemente alagados, caracteriza-se pela densidade da vegetação, resultado da variedade de espécies.

A mata de várzea corresponde à parte da floresta que fica inundada somente na época da cheia dos rios. Menos variada que a mata de igapó, suas árvores, contudo, são de maior porte. É o ambiente original da seringueira e do cacaueiro.

A mata de terra firme localiza-se em áreas livres de enchentes. É menos densa que a mata de várzea, mas suas árvores atingem de 30 a 50 metros de altura. Entre as espécies arbóreas destacam-se a castanha-do-pará, o caucho, o pau-rosa e o mogno. A mata de terra firme constitui a maior parte da floresta, e é aí que se pratica a atividade extrativa da madeira. Também é conhecida pelo nome indígena de caá-etê.

Um dos problemas ambientais que mais têm chamado a atenção do mundo é o desmatamento da Floresta Amazônica, que põe em risco o equilíbrio ecológico de uma imensa região. Desde que a Amazônia passou a ser efetivamente explorada, na década de 1970, já foram desmaitados de 12 a 13% de sua área original.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados