Colégio Web

Acre

2O Acre compõe o quadro das 27 unidades da federação no Brasil e está localizado na área sudoeste da Região Norte. Em termos de divisas, está ligado ao Amazonas pela área norte e Rondônia pela ala leste. No que diz respeito a fronteiras com outros países, está a sudeste da Bolívia e ao sul e oeste do Peru.

Publicidade

A área total do Acre corresponde a 164 123,040 km². Em comparações gerais, responde por menos de 2% da área total do Brasil. As pesquisas geográficas explicam que o Acre é um dos estados que contempla a menor densidade em termos demográficos no Brasil. Isso quer dizer também que foi o estado que mais recentemente o povo brasileiro começou a povoar efetivamente. O Acre, do ponto de vista de posicionamento geográfico, está representando o extremo ocidental do país.

Rio Branco, capital do Acre, sedia o poder executivo, legislativo e judiciário em âmbito estadual. Outros munícipios mais expressivos, com população que ultrapassa os 30.000 habitantes: Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Feijó.

Foi apenas em 1877 que o Acre passou a existir para o Brasil. Antes, era pertencente ao governo Boliviano. Um aspecto importante que mudou a história do estado foi a expressiva chegada de migrantes nordestinos para a região. Especialmente deslocados do Ceará, foram esses os primeiros a colonizarem o recém estado brasileiro em busca da valiosa borracha extraída da Floresta Amazônica.

Em 1903, ao lado do gaúcho Plácido de Castro, os representantes dos seringueiros travaram batalhas até ocupar a região. Foi assim que o estado do Acre declarou a sua independência. As tropas militares do Brasil ocuparam a região e o acordo com a Bolívia passou a ser diplomático.

No governo de João Goulart, em 1962, o território acriano passou a ser considerado Estado federalizado.

A produção econômica da borracha passou por uma grave crise em 1913, mas o Acre continua sendo o maior exportador de borracha do país.

Aspectos geográficos do estado do Acre

1Com altitude média de 200 metros e relevo definido em formato de planalto o Acre também é cortado por alguns importantes rios: Juruá, Tarauacá, Muru, Embirá e Xapuri.

No fuso horário de Brasília (DF), o Acre está com duas horas de antecedência. A visão do sol nascente, observada da serra da Moa que faz divisa com o Peru é um excelente presente ao olhar.

Transportes fluviais são bem concentrados nos rios Moa e Juruá, localizados no oeste do Acre. Já o Tarauacá e Envira, na região noroeste, respondem pelo contato com a BR-364, que liga Rio Branco ao Cruzeiro do Sul. Rodovias e redução do transporte por meio de balsas marcam o espaço.

Atualmente, as questões econômicas predominantes versam sobre a borracha, pecuária, agricultura e extração da castanha. O extrativismo no Acre fez com representantes de diversos estados brasileiros se deslocassem para aquela região. A culinária local, muito em função dessa mistura, acaba sendo bastante diversificada. Carne-de-sol misturada ao peixe pirarucu da região, pratos de acompanhamento do tucupi e a mandioca são algumas das delícias do povo acriano.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados