Colégio Web

Telhadista

Publicidade

Telhadista é o profissional responsável por reformar, construir e instalar telhados em casas, empresas ou qualquer estabelecimento comercial ou industrial. Esse tipo de profissional, obviamente, precisa estar acostumado a atuar em locais com grandes alturas e possuir experiência na manutenção de calhas, rufos e estruturas metálicas. Seu salário mínimo é de R$ 1.200.

Peculiaridades da profissão

telhadistas

1# – O telhadista precisa estar sempre atento às normas de segurança do local o qual está prestando serviços.

2# – É importante frisar que muitas vezes esse tipo de função pode ser exercida por pedreiros ou serventes de obras, dependendo do caso. De qualquer forma, esse profissional terá que trabalhar em conjunto com os demais envolvidos na construção

3 # – É fundamental que o telhadista conheça as técnicas, se possível possua alguma formação, para executar uma cobertura, portanto necessita ser uma mão de obra especializada para evitar vazamentos ou até perda total da cobertura quando não são respeitados padrões mínimos de inclinação, alinhamentos, sobreposições, esquadros, entre outros itens.

Cuidados com a profissão

1# – Além do conhecimento técnico, é preciso que o profissional esteja atento a detalhes e tenha responsabilidade, sendo uma pessoa consciente dos riscos que um trabalho negligente poderá acarretar.

2# – Vale lembrar que também é importante que o telhadista se preocupe com a sua segurança, usando equipamentos adequados e tomando toda precaução necessária com a altura a que está sendo submetido no exercício de sua função. As normas regulamentadoras pelo Ministério do Trabalho exigem equipamentos como cabos de segurança, acoplados a uma cinta amarrada na cintura do trabalhador, evitando acidentes inesperados.

telhadista

Cursos de formação

Não é necessário que o profissional possua uma graduação específica ou mesmo um curso técnico. Muitos profissionais desse ramo, aprendem e conseguem desenvolver um bom trabalho praticando o serviço, sem que para isso seja preciso um curso de aperfeiçoamento didático. No entanto, alguns cursos podem ensinar técnicas interessantes, além de servirem como uma boa carta de recomendação.

Algumas escolas como o SENAI, oferecem cursos para essa profissão, em modalidades específicas como cerâmica, concreto e fibrocimento, alguns deles até de graça.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados