Colégio Web

Escriturário

Publicidade

Basicamente, o escriturário é o profissional que efetua lançamento de contas, em sua maioria contábeis, fazendo o trabalho de registrar essa movimentação em livros e fichas. Além dessas atividades, ele também tem como função escrever e organizar. É o responsável por vários tipos de trabalhos burocráticos.

É comum que essa profissão esteja ligada ao comercial e mercantil. Os escriturários são de extrema importância em locais que o controle de contas e gastos faz-se necessário, além da facilitação de acessar crédito e débitos se houver qualquer problema jurídico.

Além disso, o escriturário deve ter conhecimento de forma extremamente profunda em matemática e contabilidade, utilizando também conhecimentos de administração e economia. Outras características que vão além desses conhecimentos são:

  • Paciência;
  • Raciocínio;
  • Rapidez;
  • Agilidade;
  • Responsabilidade;
  • Gosto pelas ciências exatas;
  • Facilidade de comunicação;
  • Metodologia;
  • Dinamismo;
  • Habilidade para resolver problemas;
  • Capacidade de organização e capacidade de observação.

O que é um escriturário

Formação e áreas de atuação

A formação do escriturário é composta pela habilitação em ensino superior nas áreas de contabilidade ou ciências contábeis, ou que tenha feito algum curso intensivo, de curta duração ou de especialização em escrituração.

O profissional deve estar ciente que atualizar seu conhecimento se faz necessário, principalmente com cursos ligados ao mundo econômico e ao procurar mudanças e novas técnicas na área, para que assim não se torne obsoleto.

As áreas em que o profissional pode atuar são:

  • Escrituração contábil: é a área da escrituração que trata da realização de lançamentos contábeis, registro de operações de movimentação financeira, controle da equivalência entre créditos e débitos e análise de registros patrimoniais;
  • Escrituração fiscal ou tributária: é a área que analisa o faturamento, impostos e contribuições a recolher de acordo com a legislação, calcula e elabora as guias de recolhimento de impostos, coordena a rotina de atendimento às obrigações fiscais, entre outras funções;
  • Escrituração mercantil ou comercial: é a área da escrituração que trata do registro e documentação de todos os negócios da empresa, para que assim os lançamentos possam ser contabilizados e os relatórios de prestação de contas possam ser elaborados e apresentados aos clientes ou sócios.

Escriturario

Mercado de trabalho e piso salarial

O mercado de trabalho para esse tipo de profissional é amplo, por ser um campo de trabalho extremamente abrangente. O setor em que a demanda é maior, está sendo o privado com inúmeras oportunidades e vagas. No setor do comércio também existe uma demanda bem grande para escriturários nas áreas mercantil e fiscal. O piso salarial vai de R$1.387,04 podendo chegar a R$2.593,58.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados