Colégio Web

Engenharia da Computação

Publicidade

Tanto a engenharia quanto a área da computação tem crescido consideravelmente nos últimos anos, sendo carreiras extremamente valorizadas e rentáveis. E não podia ser diferente com uma área que une os dois mundos, como é o caso da engenharia da computação.

A engenharia da computação é o conjunto de conhecimentos que são usados para o desenvolvimento de computadores e artigos periféricos. Basicamente este tipo de engenheiro é o responsável por projetar e construir computadores, periféricos e sistemas que são responsáveis pela integração entre hardware e software.

O interessante é que, diferente de grande parte das profissões, o profissional pode começar a sua carreira tendo o nível de tecnólogo.

Como é o curso

Engenharia da Computação

O curso de graduação em engenharia da computação tem duração básica de 10 semestres, ou seja, cinco anos, e é considerado um curso pleno de engenharia.

Ou seja, ele vai ter em sua constituição a parte fundamental de ciências exatas, composta por matérias como Matemática, Física e Química, ensinamento típico de um curso comum de engenharia, mas também uma parte diferenciada que contempla fundamentos da área de computação.

O último ano do curso é composto por estágio obrigatório supervisionado.

Universidades como o ITA, a Unicamp, a USP, a PUC, a Fiap e muitas outras oferecem o curso em suas grades curriculares.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para um profissional formado em engenharia da computação é bastante amplo. Isso porque o profissional pode atuar em diversas áreas.

Entre elas estão a automação industrial e robótica, o desenvolvimento de softwares e aplicativos, a fabricação de hardwares, o marketing e as vendas de artigos relacionados a informática e mesmo com suporte.

Engenharia Computação

Com o crescente aumento de novidades tecnológicas, o engenheiro de computação é um profissional bastante procurado pelas empresas. E é exatamente por isso que a engenharia de computação é uma carreira que é considerada como em ascensão.

Para se ter ideia, é o mercado que é considerado o que está mais em alta nos dias de hoje.

Pretensões salariais

A grande verdade é que o salário médio dentro de uma profissão é algo que é e deve ser levado em conta na hora de escolher uma profissão. Afinal de contas, todo mundo deseja ser capaz de se sustentar com a sua carreira e conseguir realizar os seus sonhos de nível material.

O ganho inicial de um profissional tem uma média mensal que fica entre R$ 2,5 mil e R$ 4 mil. Já o profissional de nível intermediário registra salários médios que vão de R$ 5,5 mil a R$ 8 mil. Por fim, um profissional no auge em sua carreira tem um ganho médio que gira em torno de R$ 9 mil a R$ 11 mil.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados