Colégio Web

Portuário

Publicidade

Em 1808 houve a abertura dos portos brasileiros ao comércio do Brasil, onde Dom Pedro I assinou a carta régia que autorizava tal ato. Esse documento por sua vez, quebrou o Pacto Colonial com Portugal que restringia o comércio do Brasil Colônia apenas com a Metrópole, a partir daí o dia 28 de janeiro foi escolhido como o dia do trabalhador portuário.

O portuário

Segundo o dicionário, a palavra portuário quer dizer: “aquele que trabalha no porto”, então podemos dizer que essa profissão abrange várias áreas, mas todos com o mesmo objetivo, o porto.

Segundo especialistas, atualmente é uma área do futuro, principalmente por causa da Copa do Mundo e das Olimpíadas que vão precisar de profissionais especializados em transporte e problemas de trânsito.

Conheça duas formações nesta área:

Tecnólogo em Gestão Portuária 

O tecnólogo em Gestão Portuária trabalha em portos e empresas marítimas, verificando o cumprimento da legislação aduaneira, a segurança e controle e a logística portuária.

Engenheiro Portuário

Esse profissional projeta, gerencia e executa obras como edificações portuárias, cálculos estruturais para fundações de pontes, túneis e viadutos fluviais.

Mercado de trabalho

O tecnólogo pode trabalhar em portos, empresas marítimas, empresas de transporte multimodal, empreiteiras e demais instituições ligadas ao transporte marítimo e hidroviário, pois o profissional formado em atividades de gestão portuária é capaz de atuar estratégica, administrativa e operacionalmente na otimização e gestão de portos e terminais, bem como na melhoria dos índices econômicos desta atividade produtiva.

Remuneração

Salário inicial: R$ 1.500,00 (fonte: prof. Evandro Cleber da Silva, da Fatec Barueri).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados