Colégio Web

Curador de Museu

Muitos que já foram a alguma exposição de arte já ouviram falar no curador. Porém, muita gente não tem ideia do que faz um curador de museu. Entenda a profissão!

Publicidade

Muitos que já foram a alguma exposição de arte ou a um museu já ouviram falar no curador. Porém, muita gente não tem ideia do que faz um curador de museu e quais profissionais estão gabaritados para exercer essa importante profissão.

A palavra “curador” vem do latim, e significa “tutor”, ou seja, aquele que cuida e administra algo. O curador de museu nada mais é do que a figura que cuida da concepção, da montagem e da supervisão de uma determinada exposição ou até mesmo de um museu inteiro.

Entre suas atribuições estão cuidar da formação do catalogo da exposição, bem como de sua revisão, quando necessário.

Os profissionais da área são normalmente formados em História da Arte, Filosofia ou História em geral. Há também os com formação mais especifica, como Moda, Estética ou Restauração, que podem atuar em exposições ou em museus e galerias com propósitos mais específicos.

Os curadores podem ser profissionais contratados para um determinado fim (setor privado) ou podem ser concursados para atuar no setor público (funcionários públicos).

A função do curador é de suma importância para a condução de uma exposição ou para o bom funcionamento de um museu, já que cabe a ele zelar pelas obras de arte do local, decidir se alguma peça do museu necessita de uma restauração (pinturas, livros, mapas, artefatos).

Curador de Museu

Também é de função do curador cuidar da segurança do museu, tanto dentro como fora da instituição, assim como também é sua função organizar o transporte de peças, quando necessário.

É ele quem contrata profissionais especializados para comprovar a autenticidade de uma obra ou para avaliar o valor comercial de alguma descoberta. O curador também analisa as condições climáticas do ambiente para atestar se uma obra será ou não exposta, e se ela necessitará ou não de algum tipo de tratamento especial para ficar exposta.

Como são oriundos de diversas áreas do conhecimento, os profissionais que praticam a curadoria podem ser classificados por uma grande diversidade de fatores. Os mais famosos são o curador de museu e o curador de arte.

O curador de arte é muito requisitado, especialmente por museus que possuem acervo extenso de obras de arte, como a Pinacoteca de São Paulo ou o MASP. São contratados especialmente para cuidar do acervo de arte dessas instituições e tem como objetivo organizar esse acervo para que seja exposto de um modo que torne possível o dialogo entre as obras e o grande público.

De acordo com profissionais consagrados da área, um jovem que pretenda se tornar curador, seja de museu, seja de arte, deverá acompanhar o máximo de exposições que puder e também deverá fazer uma grande quantidade de cursos no Brasil e no exterior. Dessa forma ele ficará com um currículo diferenciado e com um bom leque de exemplos para iniciar suas atividades. Outro passo importante é apresentar projetos a museus e centros culturais, além de realizar estágios em museus.

Os salários na área variam, mas são considerados bons. Um curador pode conseguir em um projeto freelancer de 2 meses um valor de aproximadamente 6 mil reais.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados