Digite o que você quer buscar:  
Home » Carreira » Cuidador de Idosos
27/09/2012 11:16

Cuidador de Idosos

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

O cuidador de idosos tem como função dar todo o apoio necessário a um idoso para que este possa viver de forma mais confortável, prestando todos os cuidados que se fizerem necessários, tais como alimentação, higiene, locomoção, medicação, distração, entre outros afazeres que o idoso em questão requer.

É importante que esse profissional conheça um pouco sobre as alterações ocorridas no envelhecimento normal do ser humano (senescência), e um pouco também sobre as doenças mais comuns que ocorrem nesse período da vida (senilidade), assim como a compreensão desse processo como um todo.

A senescência é a chegada da velhice sem maiores problemas. É o envelhecimento natural do corpo. Em muitos casos, no entanto, a senescência, ou seja, o processo natural de envelhecimento acarreta doenças, transformando-se em senilidade, ou seja, o envelhecimento com algum comprometimento da saúde física e mental do idoso. Cabe ressaltar que esses efeitos podem ser minimizados quando se adota um estilo de vida mais saudável.

O papel do cuidador se faz cada vez mais importante porque é ele quem vai estar a maior parte do tempo observando o idoso no seu dia-a-dia, transmitindo à família qualquer alteração em sua saúde que possa vir a se transformar em alguma doença. Entretanto, caberá ao profissional da área analisar de forma mais concreta o caso do idoso para ver se trata realmente de uma doença.

Para se tornar um cuidador de idosos a pessoa precisa ter algumas habilidades, pois é uma atividade que exige muito do cuidador. Esse profissional se doa ao idoso de forma completa e intensa.

O ato de cuidar não se restringe somente a essa ação. É um ato de respeito, carinho e afetividade, que requer conhecimento, responsabilidade e muita atenção. É muito importante a capacitação desses profissionais para melhor atender às necessidades diárias do paciente, até porque, de uma forma ou de outra, eles estão lidando com saúde e prevenção. O conhecimento mais profundo das mudanças e acontecimentos na velhice proporciona maior facilidade para o profissional encarar as situações decorrentes do dia-a-dia.

Mercado de trabalho

Essa profissão foi reconhecida e inserida na Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho e Emprego com o Código 5162-10 (acompanhante de idosos, cuidador de pessoas idosas e dependentes, cuidador de idosos domiciliar, cuidador institucional). O que dá direito a férias, INSS, 13º salário e recolhimento (opcional) do FGTS. Sendo possível exercer a profissão em Home Care, Casas de Repouso e Asilos Públicos.

Formação

Para se tornar um cuidador de idosos a pessoa tem de ser formada Técnico em Cuidador de Idosos é necessário ter o ensino médio completo.

Salário Médio Inicial

A média salarial do cuidador de idosos varia de R$ 700,00 a R$ 1,200.00 no Brasil.

Se você se interessou por esta área, não perca a oportunidade e faça já a sua matrícula no curso de cuidador de idosos que o iPED preparou! http://www.iped.com.br/cotidiano/curso/cuidador-de-idosos

Bons Estudos.





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.