Colégio Web

Anestesiologista

Publicidade

O anestesiologista é o médico especializado em anestesia, isto é, no alívio ou suspensão das dores em pacientes que precisam passar por procedimentos complicados, como cirurgias e exames. Ele coordena as equipes de anestesistas( enfermeiros que agem  em contato direto com o paciente na aplicação dos fármacos necessários).

É esse profissional que identifica quais funções precisam e podem ser interrompidas para a realização do procedimento. Também é ele que orienta a administração dos fármacos utilizados nessas situações.

3 diferentes tipos de anestesia

Anestesiologista

A escolha da anestesia ideal a ser aplicada é feita com muito cuidado pelo anestesiologista. Leva-se em conta as diferentes variáveis de um procedimento, como as características do paciente (peso, altura, etc) e o grau de delicadeza do processo.

Veja abaixo três tipos de anestesia:

Anestesia Local

Aplicada somente onde será realizado a cirurgia ou exame.

Anestesia Regional

Aplicada na coluna, ideais para cirurgias realizadas abaixo do umbigo, também conhecida como anestesia espinhal.

Anestesia Geral

Aquela na qual o paciente fica inconsciente. Pode ser inalatória ou aplicada intramuscularmente eusada para cirurgias profundas ou procedimentos feitos em regiões extensas.

O anestesiologista, durante a anestesia, deverá ficar atento às funções vitais como: frequência respiratória e concentração de oxigênio nos pulmões, atividade muscular, volume urinário, nível de consciência, frequência cardíaca, pressão arterial, entre outras.

Como se tornar um anestesiologista?

Para ser um anestesiologista  é necessário, antes de tudo, de um apreço grande  pela área da saúde. Além disso, você também precisa ter  cursado medicina e fazer os três anos de residência médica na área de Anestesiologia.

Anestesio logista

Saiba quanto recebem os anestesiologistas

Embora a média salarial de um anestesiologista seja alta, assim como a de todos os médicos em geral, o salário inicial não costuma passar da faixa dos R$ 2.000.

O governo costuma oferecer salários altíssimos nessa área. Um recém-concursado, por exemplo, pode chegar a ganhar mais de R$ 13.000 mensais, dependendo da região onde trabalhe, por um regime de 40 horas semanais trabalhadas.

O mercado de trabalho no ramo da anestesiologia

A própria medicina já é um ramo com deficit de profissionais, devido ao custo alto para a implantação e pagamento dos cursos. A anestesiologia em sié um campo com uma carência ainda maior, o que indica um mercado de fácil acomodação  e altos salários.

Mostre para seus amigos a importância do anestesiologista em procedimentos delicados e invista nessa carreira tão promissora.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados