Colégio Web

Melanomas

Publicidade

Os melanomas são tumores malignos que se originam nos melanócitos, espécies de células que produzem pigmentos. Esse tipo de tumor aparece na pele, olhos, orelhas e em algumas regiões genitais, além de membranas mucosas e gastrointestinais.

É um tipo de tumor considerado perigoso, pois tem poder para invadir qualquer órgão e criar metástase. Pode chegar ao cérebro e coração. Dessa forma, acaba sendo classificado como um tipo de câncer letal. Os melanomas cutâneos aparecem com menor incidência que outros tipos de câncer de pele, mas tem aumentado o número de casos em torno do mundo. O classificado como nodular, por exemplo, além do acral ou maligno estão aparecendo com mais frequência. Além do melanoma lentigo.

Principais tipos e incidência no Brasil

No Brasil, o câncer de pele é mais comum. Corresponde a 25% de todos os tumores malignos identificados. Neste grupo, o melanoma aparece com 4% das neoplasias malignas na pele e é considerado grave. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima mais de 6 mil novos casos dessa modalidade no país. Os principais tipos são descritos abaixo.

Extensivo superficial: aparece no plano e é irregular quanto ao formato e cor. Pode surgir na cor marrom ou preta. Surge em qualquer região do corpo, mais comumente em pessoas brancas, independente da idade.

Nodular: começa com algumas áreas em elevação e cor preta, vermelha ou azulada. Há casos em que eles surgem sem nenhuma cor.

Lentigo: aparece com maior frequência entre os idosos, nas peles que sofrem anos sob o impacto do sol. Mais frequente na região do braço, pescoço e rosto. Determinadas áreas da pele ficam com marcas maiores, planas e aspecto de bronzeado marrom.

Lentiginoso acral: o tipo mais comum, aparece com frequência nas palmas das mãos, solas dos pés ou embaixo oda unha. É mais observado entre afroamericanos.

 

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados