Colégio Web

Câncer de Mama

O mês de outubro é marcado pela prevenção do câncer de mama.

Publicidade

É um tumor formado pela desorganização de várias células, esse tipo atinge com maior frequência as mulheres, e raramente os homens. Essa doença pode desenvolver dois tipos de tumor: o maligno e o benigno. 

O tumor maligno ocorre quando as células dão origem às metástases que caem na circulação sanguínea invadindo as células sadias do corpo e é ai que se diagnostica o câncer de mama maligno, porém esse tumor cresce muito rápido e sem dor, podendo atingir a outros órgãos do corpo, e é por este motivo que deve ser feito exames frequentemente, para que seja descoberto rapidamente, pois o enfermo corre o risco de perder a mama.

Já o tumor benigno, não consegue dar origem as metástases, ele cresce devagar e não chega a atingir outros órgãos do corpo, porém eles são pequenos e dolorosos, mas eles não chegam a se transformar em um câncer, ele pode ser retirado até mesmo com uma micro-cirurgia.

Para que se confirme que a pessoa esteja com o câncer de mama é necessário fazer um exame chamado mamografia, pois é ele que pode tornar perceptível o tumor. Existe também o auto-exame, que a mulher pode fazer em casa, sete dias depois da sua menstruação.

Existem vários tipos de tratamento para o câncer de mama, desde exames até uma cirurgia. Em casos de cirurgia, dependendo do estado da doença pode-se tirar apenas uma parte da mama, ou a mama inteira, em casos da mama ser 100% retirada, a paciente deve fazer um exame denominado radioterapia, que serve para evitar que a doença volte.

Outro tratamento muito importante que deve ser feito em caso de câncer de mama, é a quimioterapia, que é como um coquetel de remédios fortíssimos, para combater a doença.

Essa doença pode chegar até quatro estágios: 


Estágio I: O tumor é bem pequeno e não está espalhado pelos órgãos.

Estágio II a: O tumor ainda é pequeno, porém afetar os órgãos auxiliares.

Estágio II b: O tumor mede de 2 a 5 centímetros e chega até os linfonodos auxiliares, já se tiver mais de 5 centímetros, ele não chega a afetar esses órgãos.

Estágio III a: O tumor é um pouco maior que 5 centímetros, podendo assim afetar os linfonodos auxiliares, que podem estar juntos com outros órgãos vizinhos.

Estágio III b: O tumor entra na cavidade torácica, e faz com que as mamas fiquem inchadas.

Estágio III c: Independente do tamanho do tumor, ele não irá se espalhar por partes distantes, ele irá atingir os linfonodos dentro da mama.

Estágio IV: É quando o tumor já está espalhado por outras partes do corpo, como cérebro, ossos, fígado e pulmões.

A maneira mais fácil e ágil de se descobrir este câncer, é fazendo um auto-exame, é importante que todas as mulheres, façam frequentemente.

 

Conheça mais sobre o câncer de ovário clicando aqui.

 

Bons Estudos!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados