Colégio Web

Era Mauá

Publicidade

ERA MAUÁ

a) Período de surto industrial que viveu o País durante o Segundo Império.

b) Barão e Visconde de Mauá: Irineu Evangelista de Souza.

c) Incentivos a Mauá: Tarifa Alves Branco (1844) e Lei Eusébio de Queiroz (1850).

d) Investimentos de Mauá:

• Fundição de ferro e bronze.

• Construção de bondes e ferrovias.

• Iluminação a gás.

• Implantação de estaleiros.

• Telégrafo submarino.

• Navegação a vapor.

• Banco Mauá & Cia, com filiais na Inglaterra, na Argentina, no Uruguai, em Paris e em Nova Iorque.

e) Falência de Mauá – Edição de uma nova tarifa alfandegária que reduzia as taxas sobre importação . Foi a chamada "Tarifa Silva Ferraz" (1865).

QUESTÃO EXTERNA: GUERRA DO PARAGUAI (1864 – 1870) 

 

a) Situação do Paraguai antes da guerra: nação próspera; nacionalismo econômico; produção industrial; combate ao analfabetismo.

b) Formação da Tríplice Aliança, em 1865, para invadir o Paraguai: Brasil, Argentina e Uruguai.

c) Projeto expansionista de Solano Lopez: Formar o "Grande Paraguai", o que daria para seu país uma saída para o mar e ampliaria a área de cultivo agrícola. O grande Paraguai seria formado pelo Paraguai, Uruguai, Rio Grande do Sul, parte do Mato Grosso e as províncias argentinas de Corrientes e Entre-Rios.

d) Conseqüências – Destruição do Paraguai. Cerca de 75% da população foi dizimada pela guerra (genocídio). A indústria paraguaia foi destruída. O país teve que pagar uma enorme indenização de guerra.

e) Endividamento da Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai).

f) Fortalecimento político do exército brasileiro, que se transformou num instrumento de contestação ao império escravista e, conseqüentemente, numa viga de sustentação das campanhas abolicionista e republicana.

Observação – Todo o desenvolvimento paraguaio fez-se com capital nacional. Para a Inglaterra, o modelo econômico do Paraguai era muito perigoso e, portanto, tinha que ser destruído. O Paraguai antes da guerra era o país mais desenvolvido da América Latina.

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

a) Foi a vitória dos republicanos. A República era um desejo coletivo que unia, no mesmo ideal, grupos que estavam descontentes com o Império:

• Fazendeiros do Oeste Paulista.

• Setores do exército.

• Camadas médias urbanas.

• Setores do clero (igreja).

b) A estrutura econômica continuou tendo como base a agroexportação. O País permaneceu na dependência do capital internacional, e as massas trabalhadoras continuaram a ser marginalizadas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados