Colégio Web

Obesidade nos animais de estimação – Como lidar?

Não são apenas os seres humanos que podem sofrer de obesidade. Nos animais de estimação também podem apresentar tal problema. Veja como tratar seu cão e gato!

Publicidade

Quem não quer ver seu animal alimentado e sadio, não é mesmo? Todos os que possuem animais de estimação prezam pela saúde e bem-estar de seu bichinho, mas muitas vezes podem cometer exageros.

As estatísticas indicam que cerca de 40% dos animais domésticos que vivem em companhia de seus donos apresentam excesso de peso. Isso não é nada bom ! Um cãozinho ou um gatinho obeso não é saudável.

A obesidade é um dos assuntos mais vinculados nas redes sociais às pessoas que procuram cada vez mais dietas milagrosas, para se livrarem do excesso de peso, ou seja, das gordurinhas indesejáveis. Mas e quando o assunto é a obesidade de um animal como devemos tratar?

Ela é um dos grande problemas nutricionais entre os animais como cães e gatos e está relacionada diretamente com a alimentação, portanto um animal obeso se alimenta de forma excessiva com a ingestão de muitos nutrientes a mais do que realmente precisa, além de alimentos que não são ideais para suas dietas.

Cachorro Obeso

Fatores relacionados à obesidades nos animais

Muitas consequência estão relacionados ao excesso de peso como a redução da longevidade, doenças cardiorrespiratórias, cansaço, diabetes, doenças osteoarticulares, queda da imunidade, dermatopatias, hiperlipidemia, além de outras séries de doenças.

O ideal é que o animal tenha o seu peso correto e que seja realizada a manutenção sempre que consultado o veterinário. Ela permite a prevenção do aparecimento de inúmeras doenças e prolonga a vida e o bem-estar do animal.

O tratamento para a obesidade é a dieta e a mudança dos hábitos alimentares, além de atividade física. Mas isso é uma tarefa árdua para determinados proprietários que acham engraçadinho ver o animalzinho com o excesso de peso, mas na realidade esse excesso só causará dor e sofrimento ao animal.

Gato Obeso

Os proprietários não encaram o excesso de peso como uma doença, e nesses casos o tratamento se torna ainda mais difícil. A conscientização é fundamental nesse processo.

As rações comercializadas são concentradas e possuem os nutrientes e as calorias que o animal precisa. Na embalagem vem indicando a quantidade que deve ser ingerida pelo animal em cada refeição. Você deve oferecer ao animal a quantidade indicada e nada a mais. Com certeza o seu animal agradece!

Além disso, busque sempre correr com ele, jogar algum esporte e se divertir. Brinque com ele, melhore a saúde de ambos e deixe o vínculo ainda mais amoroso!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados