Colégio Web

1. O que são anelídeos?

No grupo dos anelídeos estão incluídos os vermes cujo corpo é geralmente segmentado, dividido em anéis.

Publicidade

• Anelídeos – vermes de corpo dividido em anéis. 

No grupo dos anelídeos estão incluídos os vermes cujo corpo é geralmente segmentado, dividido em anéis. 

Os anelídeos vivem no solo úmido, na água doce e salgada. Podem ser parasitas ou de vida livre. Alguns são hermafroditas, mas existem também os que apresentam sexos separados. 

O mais conhecido invertebrado deste grupo é a minhoca. 

O corpo das minhocas é cilíndrico, alongado e dividido em anéis – que variam em número de acordo com a espécie e a idade. 

No primeiro anel encontra-se a boca e no último o ânus. Na Pheretina hawayana, o 14°, 15° e o 16° anéis, a contar da boca, formam uma região denominada clitelo. O clitelo tem importante função na reprodução.
 
Nas extremidades anterior e posterior do corpo existem células sensitivas que permitem às minhocas distinguir o claro e o escuro. Na superfície do corpo existem cerdas – pequenos filamentos que ajudam a locomoção. 

As minhocas vivem no interior do solo, cavando túneis. Para se locomoverem, elas contraem e distendem seus músculos, fazendo com que os anéis se encolham e se estendam, num movimento ondulatório. Esse movimento é auxiliado também pelas cerdas, que se erguem, fornecendo ao animal maior apoio nas irregularidades do terreno.
As minhocas respiram pela pele, que deve permanecer úmida para facilitar as trocas gasosas.
 
Você já deve ter ouvido dizer que as minhocas comem terra. Na verdade, elas se alimentam de folhas caídas e dos restos vegetais que estão misturados ao solo. Para tanto, elas engolem porções de terra, nas quais encontram seus alimentos. 

A faringe da minhoca possui glândulas que secretam um muco para lubrificar o alimento. Chegando ao papo, onde fica armazenado, o alimento passa em seguida para a moela, mais resistente. Na moela ocorre a primeira fase da digestão, ou seja, a trituração do material engolido. Esse material vai depois para o intestino, onde são absorvidas as substâncias alimentares. Os resíduos não aproveitados e a terra são eliminados através do ânus. 

Os anelídeos apresentam formas variadas, de acordo com a presença de cerdas de seu corpo, foram divididos em três grupos: 

Oligoquetas: são os anelídeos com poucas cerdas. As minhocas pertencem a este grupo.
 
Poliquetas: estes anelídeos têm muitas cerdas, vivem geralmente no mar. 

Alguns poliquetas são fixos e secretam um tubo de calcário onde se escondem dos predadores e produzem "penachos” com brânquias que rodeiam a boca, retirando o oxigênio da água e capturando microrganismos dos quais se alimentam. Outros são móveis, atuam como predadores e possuem cabeça bem diferenciada, com olhos e tentáculos. 

Hirundíneos: Os anelídeos deste grupo não possuem cerdas. O mais conhecido é a sanguessuga, que parasita animais diversos. Vive em riachos e pântanos. Nas extremidades de seu corpo existem ventosas: com uma delas a sanguessuga prende-se firmemente à pele de seu hospedeiro; com a outra, suga-lhe o sangue. ~

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados