Colégio Web

O que é zooplâncton?

Publicidade

Dentro do ambiente aquático, há uma terminologia genérica que se refere aos microrganismos (< 2mm)  encerrados  em ambientes aquosos (oceanos, mares, rios, lagos, superfícies de água salobra, entre outros). Essa terminologia utiliza a denominação plâncton e deriva de um radical grego (planktos = perambular, percorrer).

De forma mais específica, o zooplâncton pode ser definido como uma subespécie do plâncton que se refere à parcela e organismos heterotróficos – metazoários – encerrados em meios aquáticos (também do grego, zoo = animal). Em qualquer tipo de ambiente, o zooplâncton é formado por organismos microscópicos, que em sua maioria possui um ciclo de vida muito curto, havendo algumas exceções.

Geralmente são definidos como seres de baixa mobilidade, podendo, todavia, existir organismos que fogem a essa regra, como alguns tipos de microcrustáceos, que se movem livre e ostensivamente em ambientes aquáticos diversos.

Classificação do zooplâncton

ZooPlancton

Há uma série de classificações distintas em relação ao zooplâncton. Uma delas se refere ao tipo de meio em que se encerram os organismos (água doce – haliplancton – ou água salgada – limnoplancton). Há outra classificação que se refere aos hábitos do zooplancton e seu meio de vida,  especificando que caso um ser passe toda sua vida sendo classificado como zooplancton, pertencerá ao grupo denominado holoplancton. Em contrapartida, caso pertença ao grupo apenas durante uma parcela de seu ciclo vital, será classificado como meroplancton.

Grande parcela é formada por organismos invertebrados, com algumas exceções, como o caso do chamado icitioplânction, subespécie que corresponde à parcela de zooplâncton formada por ovos de peixes, suas larvas e alevinos.

Dessa forma, o zooplâncton é formado principalmente por protozoários, microocrustáceos, protozoários, alevinos, larvas, hidromedusas, micromoluscos, cnidários, e todo e qualquer outro tipo de microrganismo heterotrófico encerrado em meio aquático.

A variação das espécies encontradas depende de uma série de particularidades, como o Ph, a temperatura, o tipo de água e até mesmo o horário em que se realize a aferição, uma vez que muitos organismos possuem um ciclo de vida extremamente curto.

Zooplancton

Destacam-se dentre tais organismos os denominados cepópodes, apontados como um grupo de crustáceos microscópios que compõe a maior parte do zooplâncton, chegando algumas vezes a quase 70% do volume deste tipo de ser vivo. Estima-se que os cepópodes podem ser considerados os organismos pluricelulares de maior número no planeta.

A grande importância ecológica do zooplâncton é a de atuar principalmente como fio condutor de energia, constituindo alimento para outros seres de níveis tróficos superiores, e também agindo de forma essencial na regeneração de meios aquáticos, bem como no transporte de nutrientes. Seu papel de fonte de alimento no meio aquático é vital para o equilíbrio da cadeia alimentar. Além disso, desempenham um papel importante na síntese e reciclagem dos materiais. Resumidamente, a importância do zooplancton é vital para o equilíbrio da vida aquática.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados