Colégio Web

Moscas

A mosca pertence ao grupo dos insetos.

Publicidade

Estes insetos só começaram a ter sucesso quando o homem inventou as moradias permanentes e as comidas começaram a ser armazenadas. A partir deste momento, a mosca começou a estar sempre presente na vida humana e a dividir as vantagens de viver em um ambiente artificial. Com esta convivência, a mosca começou a ter acesso permanente ao alimento. 

Dizem que as moscas surgiram nas savanas da África. Nestas savanas, a secreção dos olhos e das salivas dos animais foram sempre as maiores fontes de umidade nos desertos para as moscas, tornando-se um verdadeiro oásis. A morte de animais serve de farto alimento para as moscas, antes mesmo dos urubus e hienas chegarem.
As moscas seguiram o homem pelo mundo, junto com o comércio entre continentes. Chegaram até mesmo na Austrália, em 1.788. 

Outra vantagem das moscas é a reprodução rápida. Vivem, no máximo, quatro semanas. As fêmeas ficam maduras 30 horas após o nascimento e como tudo na vida das moscas, o acasalamento é rápido. Os ovos demoram nove dias para amadurecerem dentro da fêmea. Quando maduros, são colocados, geralmente, nas fezes de animais domésticos (ou até mesmo em alimentos). Nos ambientes de clima quente, após 24 horas as larvas saem e comem tudo o que puderem, aumentando em 100 vezes o seu peso, num período de 48 horas.

Depois de uma semana como larva, os movimentos vão diminuindo e iniciasse a metamorfose. As larvas vão ficando duras e escuras (pulpas). Esperam 10 dias, quando o manto estreito se rompe e o pequeno monstro sai… o mundo tem mais uma mosca. 

Quando saem das cascas, as moscas parecem amassadas e suas asas estão dobradas, mas apenas durante alguns minutos. Levantam vôo e já encontram alimento por perto. Com uma reprodução tão bem sucedida, nascem mais moscas do que pessoas.

Apesar de olhos por toda a cabeça (formados por 3.000 lentes de seis lados), as moscas não vêem muitos detalhes, mesmo vendo 360º graus, tudo está fora de foco. As asas são finas e batem 330 vezes por segundo (4 vezes mais do que o beija-flor) e o segundo par dessas asas influencia as manobras aéreas, e por serem finas e frágeis, ficam invisíveis durante o vôo. 

Com tantas vantagens, as moscas chegaram em diversos ambientes e o reino de invencibilidade chegara ao fim. Novos ambientes, novos predadores. A mosca virou prato preferido do cardápio de alguns novos animais: lagartos, aranhas, anfíbios, peixes, louva-a-deus, vespas, entre outros. 

Sempre procurando umidade corporal, as moscas importunam muito os humanos. Para controlar alguns enxames de moscas que saiam de estábulos e iam direto para as salas, alguns fazendeiros antigos colhiam cogumelos venenosos (aquele bonitinho que você imaginou: com o chapeuzinho vermelho, cheio de pintinhas brancas) e levavam para a casa. 

Durante a noite, os fazendeiros cortavam o cogumelo e colocavam em vasilhames. Estes vasilhames eram cobertos com leite e açúcar. A madrugada chegava e as moscas achavam aquele banquete em cima das mesas. Algumas não levantavam mais vôo e morriam no próprio vasilhame, para a felicidade de todos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados