Colégio Web

Lipídios

1Hoje vamos falar sobre os lipídios. O que são? Um tipo de substância insolúvel em água cuja principal representação estará formada nos óleos e gorduras. Esses dois itens podem ser localizados em diversos alimentos, como a gema de ovo, as carnes, os óleos vegetais e leites bem como seus derivados.

Publicidade

Diferente do que muitas pessoas imaginam, o grupo lipídico é muito importante para o organismo, pois vai conter várias vitaminas e hormônios. Além disso, os lipídios também estão na constituição de membranas celulares e atuam como reservas de energia. Essas, são produzidas no momento em que os animais se alimentam de gordura ou mesmo quando ingerem os diferentes tipos de carboidratos. Esses últimos podem ser transformados em gordura dentro do nosso corpo. É curioso pensar que baleias, ursos e focas possuem camadas de gordura tão espessas por baixo da pele e que essas camadas funcionam como isolantes térmicos? Pois é essa capacidade lipídica que garante a tais animais conseguirem sobreviver em espaços muito frios.

Existem alguns tipos de aves aquáticas que também acumulam benefícios em função da insolubilidade dos lipídios na água. Nesse tipo de ave, haverá glândulas especiais que ficam localizadas na região próxima às caudas. Elas produzem um tipo de óleo com o qual vão lubrificar as penas e impedir que a pele e penas das aves se molhem.

Diferentes tipos de lipídios

2O grupo dos lipídios é dividido em quatro subgrupos: cerídios, fosfolipídios, esteroides e glicerídios. Os glicerídios podem ser localizados nas gorduras de origem animal: ovos, queijos, leite e óleos vegetais como o azeite ou mesmo o óleo de girassol. Em formato líquido, os óleos vão permanecer em temperatura ambiente. Dessa maneira, não causam males diretos ao organismo. Já a gordura de origem animal em formato sólido em temperatura ambiente pode levar a consequências graves na saúde humana quando consumida em excesso.

Na seara dos cerídios encontramos vários tipos de ceras, inclusive aquela que é produzida em nosso ouvido. Além dela, a carnaúba que é fabricada por alguns animais, a exemplo das abelhas em seus maravilhosos favos. A cera lipídica do nosso ouvido é quem vai proteger nosso corpo contra a intromissão de microrganismos diversos e perigosos que estão no ar. No casos dos vegetais e outros animais, as ceras impedem as desidratações e fazem com que não ocorra tanta perda de água para o meio ambiente. Em alguns casos, o animal faz da cera o principal elemento para construir sua própria casa.

O fosfolipídio forma o grupo lipídico que compõe as membranas celulares. Já os esteroides acabam sendo considerados de uma categoria diferenciada do grupo pois são eles quem produzem os colesteróis. A gordura animal rica em colesterol e seu consumo excessivo pode levar a vários problemas, como principalmente as doenças cardíacas.

Nesse sentido, torna-se importante recordar que eles fazem mal apenas quando consumidos de forma desordenada.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados