Colégio Web

Insetos e sua importância no Planeta

Publicidade

Os insetos são animais invertebrados que possuem o corpo formado de cabeça, tórax, abdome e três pares de patas. Na cabeça os insetos possuem muitas estruturas, incluindo um par de antenas, dois olhos compostos e as mandíbulas.

Eles se desenvolvem a partir do ovo, passando por várias fases intermediárias até chegar à fase adulta.  Este bichinhos se alimentam basicamente de substâncias vegetais ou produtos animais.

Como exemplo abelhas, formigas, vespas, percevejos, piolhos, cigarras, gafanhotos, grilos, baratas, louva-a-deus, cupim, libélulas, tesourinhas, traças, mosquitos, moscas, pulgas, borboletas, besouros, joaninha, vaga-lume e pernilongo, entre outros.

Os insetos constituem mais de um milhão de espécies, sendo os mais abundantes, mais bem sucedidos e mais diversamente distribuídos dos animais terrestres. Estima-se que exista entre cinco a dez milhões de espécies.

São os mais importantes invertebrados que podem viver em locais secos e capazes de voar.  Esta capacidade permite a esses animais que escapem dos inimigos capturando suas presas com maior agilidade. O seu tamanho pode variar, pois tudo dependerá da envergadura de suas asas.

São abundantes em todo o habitat exceto no mar. Eles vivem em solo, nas plantas, sobre animais, em água salobra e doce. Os insetos apresentam ciclos de vida curtos, mas se multiplicam muito rapidamente.

A importância dos InsetosInsetos

Muitos insetos são extremamente valiosos para o homem, e sem eles a sociedade humana não poderia existir na sua forma presente. Os insetos ajudam em atividades como a polinização, na produção de muitas colheitas agrícolas, nas plantações e nos pomares, no fornecimento do mel, cera e seda, além de outros produtos de valor comercial.

Os insetos ainda servem como alimento de aves, peixes e outros animais uteis na alimentação do homem, prestam serviços como predadores, ajudam a manter animais e plantas nocivas sobre controle, além de serem uteis em pesquisas científicas na medicina.

Alguns insetos são nocivos e causam enormes prejuízos na agricultura e no armazenamento de produtos. Alguns são causadores de doenças em animais e do homem.  Outros são bem nojentos! Vamos explicar sobre alguns deles nesse e nos próximos artigos.

O Vaga-lume – nascido para brilhar!

Eles emitem luz e são conhecidos como vaga-lume ou pirilampo. A luminescência do vaga-lume é um meio de afastar os inimigos e também de atrair a fêmea para o acasalamento. As luzes que emitem possuem diferentes cores e variam de acordo com a espécie. Mas você sabia que nem todos possuem essa luminescência? Isso acontece, geralmente, com o vaga-lume que realiza as suas atividades diurnas.  Com o brilho de sua luz elas atraem o alimento de que precisam, ou seja, os cupins, as mariposas e as formigas.  Elas ajudam no controle do ecossistema.

As Abelhas – produtoras de mel

O grupo das abelhas, vespas e formigas são os mais abundantes e considerados os mais bem sucedidos.

As abelhas vivem em colmeias, ou seja, em sociedade, elas dividem as suas tarefas. Todas possuem uma atribuição a fazer.  A abelha rainha é a mais importante e controla a produção das abelhas operárias, dos zangões e das novas rainhas.

Os zangões são os machos e saem do ninho com as novas rainhas para um voo de acasalamento. Depois do acasalamento os zangões morrem, enquanto que as abelhas rainhas voltam para a colmeia. Elas criam verdadeiras colônias, produzem o mel e se alimentam, basicamente, de néctar e são muito importantes como agentes de polinização.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados