Colégio Web

A importância da reprodução assexuada na agricultura

Publicidade

A agricultura é a forma mais antiga que o homem criou para a sua subsistência, cultivando plantas com o objetivo de retirar do solo, alimentos.

Ela é utilizada pelo homem desde tempos remotos de uma forma menos estruturada e precária. Com o passar do tempo, novas técnicas foram implantadas, assim como nova tecnologia.

O agricultor é o profissional que trabalha na agricultura, no plantio e colheita de alimentos e plantas. Usamos o termo fazendeiro e lavrador para designar o dono de propriedades das terras rurais em que é realizada a agricultura e por muitas vezes, a pecuária (criação de animais).

A ciência que estuda as técnicas agrícolas para sua melhoria a procura de novas tecnologias e novos processos é a agronomia.

A reprodução assexuada na agricultura

Plantas

A reprodução assexuada na agricultura oferece muitas vantagens. Nesse caso podemos destacar:

  • A garantia da qualidade da planta, pois a nova planta terá as mesmas características da planta-mãe. Quando é realizado o plantio por sementes, o agricultor não saberá antecipadamente das qualidades da planta, pois agentes transportadores de pólen, como animais e o vento, podem misturar características de outra planta.
  • A estaquia é um processo de reprodução de forma mais rápida do que o plantio por sementes. E não podemos nos esquecer que o processo de reprodução por sementes dependerá de condições favoráveis como luminosidade, umidade, oxigênio, qualidade do solo, entre outros. Além de que pode demorar anos para que uma planta se torne adulta. Muitas espécies de estacas de caule enraízam rapidamente como a roseira, a cana-de-açúcar, a mandioca, e outras.
  • Em determinados tipos de plantas, como as bananeiras, espécies de uva e caqui não se reproduzem mais de forma sexuada, pois perderam essa capacidade e somente se reproduzem de forma assexuada. Nesse caso, essas plantas não formam sementes.
  • Outra vantagem da reprodução assexuada é de que são originados indivíduos híbridos (cruzamento de plantas diferentes) que formam uma nova planta com características distintas que muitas vezes por serem estéreis não ocorreria à reprodução por esse processo.
  • A mergulhia é outro processo de reprodução assexuada que é usado para a reprodução de plantas de caules flexíveis. Esse método consiste em envergar o caule da planta ao solo. Quando a parte envergada enraizar poderá ser isolada da mãe e ser transportada para outro local.
  • Muitos agricultores ainda utilizam o processo de enxertia que consiste no enxerto de uma planta em outra.

Reprodução Assexuada

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados