Colégio Web

Fossa e poço – Definição e utilização no dia a dia

Nem todas as cidades possuem rede de tratamento de água e nem esgoto. Nesses casos, como devemos agir para purificar a água? Confira mais detalhes!

Publicidade

Conforme já verificamos, a água é muito importante para o ser humano. Ela é vital a todas as espécies de seres vivos. Para nós, a água precisa ser purificada, para que possamos usá-la em nossa casa na alimentação, limpeza, higiene pessoal e para beber.

A água contaminada por animais e insetos é prejudicial à nossa saúde. Nas cidades deve-se ter uma estação de tratamento de água para purificá-la e distribui-la para a população. Mas e quando isso não acontece?

E quando não há estação de tratamento de água?

Nem todas as cidades possuem rede de tratamento de água e nem esgoto.  Nesses casos, como devemos agir para purificar a água e ter o mínimo de condições para se viver?

Geralmente, nas cidades que não há rede de esgotos, cada casa possui uma fossa para onde é canalizada toda a água usada. Um exemplo de cidade que não possui esgoto é o litoral de São Paulo, em que ainda é usada a fossa e, aproximadamente, uma vez por ano deve-se fazer a limpeza.

A fossa

Fossa

Ele deve localizar-se num lugar apropriado, bem longe dos poços de água potável. Deve ser tampada impedindo a saída de mau cheiro. Toda a água que usamos deve ser direcionada pela casa pela rede hidráulica até chegar à fossa. Da fossa, essa água vai para o esgoto geral da rua.

Se não tiver um esgoto geral da rua, toda essa água ficará exposta a céu aberto, fermentando e causando mau cheiro, além de ser um excelente meio de contaminação, causador de várias doenças. Exemplo de moradia nessas condições são as comunidades que não possuem nenhum meio de saneamento básico e estrutura de rede hidráulica.

O poço

Poço

Cidades menores do interior não possuem rede de distribuição de água e nem estação de tratamento. Nesse caso, as pessoas cavam poços no fundo do quintal. O poço consiste em um buraco com cerca de 1 a 2 metros de diâmetro e com profundidade que dependerá do aparecimento de água da região.

Para cavar um poço não pode ser em qualquer lugar. Ele deve ficar bem afastado da fossa e de depósitos de lixo. O interior do mesmo deve ser revestido por uma parede de tijolos evitando que desmorone. A água do poço irá substituir a água encanada, nesse caso é importante fazer um exame para verificar a qualidade da água e se está apta para o consumo. Existem também os poços cartesianos que são mais profundos, que substituem os grandes reservatórios. Esses poços são criados por aparelhos especiais de perfuração. Eles têm capacidade de abastecer hospitais, edifícios e indústrias.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados