Colégio Web

Escorpionídeos (escorpiões)

Os escorpiões pertencem ao grupo dos aracnídeos.

Publicidade

O corpo dos escorpiões é semelhante ao das aranhas, com uma diferença: o abdome é dividido em duas partes, pré-abdome e pós-abdome. No pós-abdome, encontra-se uma glândula que produz o veneno, que o animal injeta na vítima com um aguilhão. 

Os escorpiões podem viver tanto em lugares desertos quanto nas matas. Vivem também debaixo de pedras, tijolos, telhas e nas fendas das árvores. 

O acúmulo de entulho e lixo nas ruas, quintais junto às casas e a proliferação de insetos, constitui um bom ambiente para os escorpiões, pois aí eles encontram alimentação farta: aranhas e insetos como baratas, grilos e moscas. Quando não encontram comida, os escorpiões praticam o canibalismo, isto é, devoram os seus semelhantes. 

O veneno dos escorpiões é neurotóxico. Agindo especialmente sobre o sistema nervoso, pode causar a morte por asfixia, pois os comandos que controlam a respiração ficam bloqueados. 

A ação do veneno é muito forte. A dor intensa que provoca no local da ferroada logo depois se irradia para todo o corpo do doente. Para acalmar as dores, os médicos, geralmente, fazem anestesia no local da ferroada e podem até sedar o paciente para que ele possa suportar o sofrimento. 

O soro antiescorpiônico é o único remédio eficaz contra as ferroadas dos escorpiões. Ele é fabricado pelo Instituto Butantã, em São Paulo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados