Colégio Web

Cuidados com os animais de estimação no calor

O verão chegou e com ele as altas temperaturas, e isso não é nada bom para a pelagem e a pele do nosso pet. Veja como lidar com esse problema!

Publicidade

O verão chegou e com ele as altas temperaturas, e isso não é nada bom para a pelagem e a pele do nosso pet. Assim como nós sofremos com o calor o nosso animalzinho de estimação também sofre e deve se adaptar ao calor e a umidade.

Cuidado com as pulgas, carrapatos e outros bichos!

Você deve estar atento e observar qualquer alteração de comportamento em seu animal, pois a infestação por parasitas aumenta muito com o calor. Por esse motivo, alguns cuidados são fundamentais. Não pense que se tudo estiver limpo o seu animalzinho estará livre desses bichos. Eles atacam sem dó e sem piedade podendo causar sérias irritações na pele do animal; conforme a quantidade da infestação o seu animalzinho corre risco de morte.

Lembre-se dos vermífugos e dos remédios e vacinas para as pulgas e carrapatos, além de outros bichos que podem atacar seu animal. Essa atitude é essencial para o bem-estar de nossos amigos, assim como para a nossa tranquilidade.

Importância do banho e tosa

Com o calor, é muito importante ter cuidado com a pelagem do animal. Com o aumento da temperatura, os animaizinhos ficam mais cansados e ofegantes e a tendência e que a temperatura corporal deles diminua. Para os animais de pelagem grande recomendamos a semitosa. Os animais de pelagem escura merecem cuidados especiais, pois absorvem mais calor, e devemos observá-los bem de perto.

Pet Calor

A temperatura do banho deve ser de morna para o frio, assim como o secador também, isso manterá a pelagem do seu animal saudável.

Devemos estar atentos e engana-se quem acha que pelo aumento da temperatura o seu animalzinho deve tomar banho com maior frequência. Continue dando o banho no seu animal com a mesma frequência, e muito cuidado com os pelinhos. Seu animalzinho deve estar sempre seco assim, pois se evita várias doenças de pele como dermatites úmidas, de dobras e as otites que são muito frequentes nessa época. Se o seu animalzinho adora água e possui a pelagem mais curta, o banho é permitido, mas depois deve secar muito bem a pelagem evitando o aparecimento de doenças indesejáveis que maltratam o bichinho.

Cuidado com os passeios de praia!

Definitivamente, a praia não é o melhor lugar para o seu animalzinho. Você sabia que existem leis que proíbem a permanência de animais domésticos nas praias e que em sua grande maioria essa lei não é respeitada o que é muito grave e prejudicial tanto para o animal quanto para você?

O calor do litoral não é nada agradável para o animal, ele fica inquieto, além de que a areia e a água do mar não são nem de longe o melhor passeio para seu animal. É claro que você quer seu animalzinho sempre por perto e participando de todas as suas atividades, mas certos lugares não são recomendáveis, além de que você pode ser multado e seu animal ainda ser prejudicado. O sal do mar e a areia podem trazer sérias complicações e irritações à pele do animal, assim como as micoses também. Você não vai querer estragar o seu passeio e causar tanto sofrimento ao seu animalzinho, não é verdade? Portanto consciência é tudo! Atenção redobrada nesse calor.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados