Colégio Web

Câncer Mamário em Animais Domésticos

Você sabia que algumas doenças não são exclusivas dos humanos?Animais também sofrem com o câncer.Confira os detalhes do câncer mamário em animais domésticos!

Publicidade

Você sabia que algumas doenças não são de exclusividade dos humanos? Os animais também sofrem com algumas doenças, e uma delas é o câncer.

Muitas campanhas são realizadas por meio do rádio, televisão e jornais com a participação de famosos aumentando a conscientização da população para a importância da prevenção da doença. Antes de tratar a doença de forma adequada o importante é prevenir! Saiba mais sobre a doença e como tratá-la de forma adequada.

Quando surge o câncer em animais?

Os tumores da mama surgem na maioria das cadelas e das gatas em idade entre 5 a 20 anos; sua maioria, é maligna. Esses tumores para aparecerem e se proliferarem no organismo dependem dos hormônios sexuais da fêmea. O aparecimento desses tumores em cadelas é muito frequente.

Diferentemente das mulheres, as fêmeas de cães e gatos não possuem uma mama de cada lado, mas uma cadeia mamária de cada lado para alimentar os seus filhotes. A doença se inicia do tamanho de um grão de arroz podendo chegar do tamanho de uma manga, caso o animal não passe pelo tratamento correto e adequado.

Como na maioria dos casos o tumor e maligno e pode se espalhar rapidamente pelo pulmão, fígado, coração, cérebro, ossos e rins.

Raças de maior incidência da doença

Cancer Mamario Cachorro

Algumas raças possuem maior risco como Poodle, Cocker Spaniel, Pastor Alemão, dentre outros. A incidência é baixa em raças mestiças comparada com as puras. Não é uma doença específica para as fêmeas, os cães e gatos machos também podem desenvolver a doença e nesse caso quase todos os tumores mamários são malignos.

Não há sintomas aparente da doença, a observação do proprietário nesse caso é essencial, pois o tumor cresce com o passar do tempo. A prevenção pode ser feita através da castração antes do primeiro cio, isso por volta dos 6 meses, acordo orientação de especialistas reduz o aparecimento da doença, consideravelmente; pode-se dizer em 99% dos casos.

Tratamento do Câncer Mamário

Antes de iniciar o tratamento é necessário avaliar as condições do animal e fazer uma avaliação completa, com exames de sangue, ultrassom abdominal, RX de tórax e teste para ver se não houve metástase do tumor para qualquer outro órgão.  Após, os exames é realizada a cirurgia.

É realizada a mastectomia, cirurgia completa da remoção da mama, a qual é retirada a cadeia de mamas que envolvem o tumor e nunca somente a retirada do tumor. É imprescindível também a retirada dos ovários, trompas e útero (ováriosalpingohisterectomia), pois o tumor mamário está diretamente relacionado com a produção de hormônios ovarianos.  Existem vários tipos de tratamento e somente um especialista saberá indicar o melhor método para cada animal.

Cada animal pode apresentar um tipo de tumor e estar muitas vezes clinicamente debilitado, portanto as condições do animal interferem diretamente no tratamento a ser usado. Após o tratamento o animal consegue ter uma vida tranquila e saudável.

Lembre-se que o seu animal precisa de todo o seu carinho e atenção. Não deixe de cuidar e de levar o seu animal em clínicas especializadas com cirurgiões que oferecem o melhor tratamento. Quem ama cuida!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados