Colégio Web

Zhu Shijie ou Chu Shih-Chieh

Publicidade

( ~ 1260 – 1303)
Um dos maiores matemáticos chineses nascido em Yan-shan, perto de Pequim, o último dos quatro grandes matemáticos chineses do século XIII da era cristão, juntamente com Qin Jiushao, Yang Hui e Li Zhi, que pouco se sabe de sua vida, mas sua obra matemática sobreviveu até os dias de hoje. Com a unificação das partes norte e sul da China por Kublai Khan (1279), a tomada do poder pela dinastia Yuan e a transformação de Dadu, hoje Pequim ou Beijing, em capital do novo e grandioso império, teve significante influência na vida deste cientista. Sua atividade de professor de matemática foi valorizada pelo governo e ele aproveitou para viajar intensamente pelo país, ensinado e conhecendo a China de norte a sul, por mais de vinte anos consecutivos. Um dos seus livros de texto elementar, Suanxue qimeng ou Introdução ao Estudo da Matemática (1299), no qual foram incluídos 260 problemas sobre operações em aritmética, álgebra e geometria, fez grande sucesso nas escolas do Japão. Seu segundo livro, Siyuan yujian ou Reflexões verdadeiras (1303) e o seu mais importante trabalho, levou a álgebra chinesa ao seu mais alto nível, incluindo explicações sobre o seu método dos quatro elementos para equações algébricas, cálculo de raízes quadradas, estudos de séries e progressões. Morreu logo depois, provavelmente em Pequim, e é pelo prefácio deste livro que se confirmou que viajou intensamente através da China, ensinando matemática.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados