Colégio Web

Winslow Homer

Publicidade

(1836 – 1910)
Artista estadunidense nascido em Boston, Massachusetts, um dos mais expressivos representantes do realismo norte-americano em fins do século XIX. Viveu sua infância em uma área rural de Cambridge, após a falência dos negócios do pai. Não recebeu educação formal e, influenciado pelos dons artísticos da mãe, iniciou sua carreira na arte aos 19 anos como aprendiz de litógrafo. Mudou-se para Nova York (1859), onde estudou pintura na National Gallery of Design e estagiou com Frédéric Rondel (1861) ao mesmo tempo em que desenvolvia gravuras para jornais (1859-1865). Durante a guerra de secessão (1861-1865), dedicou-se à temática militar. Viajou à França (1866), onde conheceu novas estéticas, mas que não chegaram a influenciar sua obra. Na voltas a América, montou um estúdio em New York City e começou a pintar aquarelas e com o passar dos anos, mudou para telas caracterizadas por figuras solitárias, com acentuado detalhismo e efeitos atmosféricos. Voltou à Europa (1881), passando dois anos no Reino Unido (1881-1883) e de volta aos Estados Unidos, o mar passou a ser o tema predominante em sua obra, as famosas Marinhas de Homer. Logo mudou-se para Prouts Neck (1883), uma aldeia de pescadores no Maine, onde viveu na mais completa solidão, inteiramente dedicado a sua arte. Entre suas marinhas destacaram-se Aviso de nevoeiro (1885) e A corrente do Golfo (1899). Em seus últimos quadros demonstrou um crescente interesse pelo abstrato e morreu em seu ateliê de Prouts Neck.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados