Colégio Web

Quem foi Tomie Ohtake?

Publicidade

No último dia 12 de fevereiro de 2015 o Brasil perdeu um de seus nomes mais importantes dentro das artes plásticas com o anúncio da morte de Tomie Ohtake, na cidade de São Paulo.

Portanto, como forma de homenagem a este nome tão importante, que empresta sua genialidade a peças que estão espalhadas pelos mais diversos ambientes do cotidiano dos paulistanos e que está presente em diversos museus do Brasil e do mundo, nós vamos procurar lançar luz sobre a figura de Tomie Ohtake.

Japonesa de nascimento, mas brasileira por opção!

Tomie-Ohtake

Tomie Ohtake nasceu no dia 21 de novembro de 1913 na cidade de Quioto, no Japão, que foi o país onde viveu até os seus 23 anos de idade, quando fez uma viagem ao Brasil por conta de uma visita a um irmão.

A Segunda Guerra Mundial estava ocorrendo, e por conta dos conflitos, Tomie Ohtake acabou não retornando ao seu país natal, ficando no Brasil, que acabou se tornando seu país por opção.

A jovem acabou por se naturalizar brasileira e veio a se tornar simplesmente um dos nomes mais importantes das artes plásticas brasileiras durante o século XX, com obras importantes desenvolvidas para diversos projetos grandiosos.

Carreira

Tomie Ohtake iniciou sua carreira em 1952, quando começou a estudar pintura com o artista Keisuke Sugano, seguindo para o Grupo Seibi em 1953, passando a pintar quadros que representavam a chamada arte figurativa.

No entanto, Tomie acabaria por se interessar mais pela arte abstracionista, e a partir dos anos 1970, ela passaria também a trabalhar com outras formas de arte, como a serigrafia, a gravura em metal e a litogravura, entre outras.

Com o tempo ela começou a ganhar reconhecimento e vulto, não apenas dentro do Brasil, mas também ao redor do mundo, sendo que em 1972 ela recebeu o convite de participar da famosa Bienal de Veneza, fato que a honrou muito.

Recebeu vários prêmios ao longo de sua espetacular carreira, sendo reconhecida dentro do universo das artes plásticas brasileiras como a verdadeira “dama das artes plásticas brasileiras”.

TOmie Ohtake

Vida pessoal e morte

Tomie foi casada com o engenheiro agrônomo Ushio Ohtake, tendo os filhos Ruy Ohtake (famoso arquiteto) e Ricardo Ohtake (diretor do Instituto Tomie Ohtake).

No último dia 12 de fevereiro de 2015, Tomie Ohtake veio a falecer no Hospital Sírio-Libanês por conta de complicações em virtude de uma broncopneumonia, aos 101 anos de idade.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados