Colégio Web

Sófocles

Publicidade

Famoso teatrólogo trágico grego, natural de Colona, na Ática, perto de Atenas, que juntamente com Ésquilo e Eurípides, formou o trio de grandes poetas dramáticos da Grécia antiga. Filho de um rico fabricante de armas e armaduras, recebeu a mais fina educação, principalmente na parte artística, onde demonstrava talento musical. Tornou-se amigo de Péricles e exerceu cargos oficiais.

Foi um dos tesoureiros escolhidos (442 a. C.) para recolher e administrar o dinheiro dos tributos pagos pelas cidades que integravam a liga de Delos. Foi eleito (444 a. C.) um dos dez estrategistas, altos chefes militares do Exército ateniense, como colaborador de Péricles, e também foi um dos dez proboulos, conselheiros responsáveis por organizar a recuperação de Atenas após a terrível derrota em Siracusa, na Sicília. No teatro inovou a técnica e a construção teatral de seu tempo e foi vencedor de vários certames dramáticos, entre tragédias e sátiras.

Escreveu em grego 123 peças para a competição dramática anual das festas dionisíacas e obteve 24 vitórias, constando que a primeira vitória foi aos 18 anos (468 a. C.), sendo este o marco inicial de uma carreira de sucesso. São conhecidos hoje sete destes dramas: Ajax (450 a. C.), Antígona (441 a. C.), Édipo rei (431 a. C.), considerada sua obra-prima, Elektra (425 a. C.), As traquíneas (420 a. C.), Filoctetes (409 a. C.) e Édipo de Colona (401 a. C.), divulgada, pois, após sua morte.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados