Colégio Web

Sándor Ferenczi

Publicidade

Sándor Ferenczi foi um dos principais representantes da psicanálise na Hungria. Amigo e colaborador de Freud, teve importantes contribuições publicadas nas pesquisas psicanalíticas. Com 21 anos, graduou-se em Medicina pela Universidade de Viena.

Em 1908, quando conheceu o “pai da Psicanálise”, já estava fazendo especializações em neurologia e neuropatologia. Em seguida, se dedicou aos estudos da hipnose.

Ferenczi foi membro das primeiras gerações da psicanálise e era defensor da área. Inclusive, sugeriu que alguns homens, em pequeno grupo, fossem analisados pessoalmente por Freud para o avanços dos estudos psicanalíticos.

Após esse momento com Freud, tais homens levavam os conhecimentos adquiridos para seus respectivos espaços e pacientes. Essa prática deu forma à chamada análise didática, sendo precursora da psicanálise em seu formato mais de auxílio. Daí também surgiu a International Psychonalytical Associatio, criada por Ferenczi a partir de uma solicitação de Freud.

Sándor Ferenczi tinha traços clínicos, mas também pesquisava os espaços analíticos e o papel do analista, sendo nesse sentido diferente de Freud que atuou de formam ais direta na estrutura dos aparehos psíquicos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados