Colégio Web

Robert Hutchings Goddard

Publicidade

Engenheiro e físico experimental norte-americano nascido em Worcester, Massachusetts, inventor do foguete espacial de combustível líquido (1926), capaz de transportar em seu interior pequenos instrumentos tais como uma câmara fotográfica, um barômetro e um termômetro. Interessado nos estudos de física e tecnologia desde a juventude, doutorou-se pela Clark University, de Worcester, onde permaneceu como catedrático (1914-1927) e trabalhou para o Worcester Polytechnic Institute. 

Ajudado pelo filantropista Daniel Guggenheim, fundou seu próprio laboratório de testes em Roswell, NM (1927-1937), onde desenvolveu as primeiras experiências sobre a propulsão de foguetes no vácuo e estudou a relação entre a energia consumida e o empuxo proporcionado por diferentes combustíveis. Lá projetou, construiu e testou um foguete de autopropulsão movido a combustível líquido, oxigênio líquido e gasolina (1935), ano em que Konstantin Eduardovitch Tsiolkovski morreu, com 3m de comprimento, que percorreu 4.130m com uma velocidade de 990 km/h, a 2.100 m de altura. Logo depois (1935) fabricou o primeiro foguete que ultrapassou a velocidade do som e desenhou cápsulas para transporte de homens no espaço. 

Durante a segunda guerra mundial, ofereceu seus serviços ao Exército americano e foi destacado para a fabricação de material bélico. Morreu em Baltimore e apesar de seu trabalho pioneiro, a construção de foguetes nos Estados Unidos, só tomou impulso após a Segunda Guerra Mundial. Mais tarde, suas patentes foram compradas pelo governo americano e utilizadas na incipiente corrida espacial da década ’50. As experiências mais importantes, no entanto, foram realizadas, na Alemanha (1935-1945), com as famigeradas bombas V-1 e V-2. A primeira delas, a V-1, projetada pelos engenheiros Robert Lusser e Paul Schmidt, era um foguete movido por reator a gasolina. 

Aperfeiçoada por Wernher von Braun, deu origem à bomba V-2, considerada precursora dos modernos mísseis balísticos e dos foguetes de lançamento de naves espaciais. Com 14m de comprimento, 1,65m de diâmetro, a V-2 pesava 12.700 kg, carregava uma bomba de uma tonelada e atingia 25.400 kg de empuxo. As V-1 e V-2 foram usadas nos bombardeios contra a Inglaterra e a Bélgica, durante a 2a Guerra.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados