Colégio Web

Richard Errett Smalley

Publicidade

Químico e inventor norte-americano nascido em Akron, Ohio, pesquisador da Rice University Houston, USA, que compartilhou o Prêmio Nobel de Química (1996) com o norte-americano Robert Curl e o inglês Harold Kroto, pelo descobrimento da estrutura dos fulerenos, grandes moléculas de carbono de formas esféricas, de enorme importância para a indústria química e eletrônica.

Filho do jornalista Frank Dudley Smalley e de Esther Virginia Rhoads, era o caçula de quatro irmãos. Com três anos de idade sua família mudou-se para Kansas City, Missouri. Teve educação básica na escola pública de Kansas City e na high school Southwest High, onde ampliou seu interesse por ciências e tecnologia. Estudante do Hope College, Holland, Michigan (1961-1963), licenciou-se em química (1965) pela University of Michigan, e doutorou-se (1973) pela University of Princeton, New Jersey.

Depois de três anos como pesquisador associado da University of Chicago, integrou-se ao Department of Chemistry da University of Rice (1976), onde se tornou catedrático em química (1981) e física (1990). Durante este período juntou-se ao seu colega Robert Curl para estudarem as disposições dos átomos ou moléculas em clusters, pequenos agregados de certas substâncias. Projetou e construiu um equipamento laser capaz de vaporizar substâncias em un plasma de átomos e análise da estrutura dos clusters resultantes.

Em uma reunião conjunta da sua equipe com o químico espectroscopista britânico (1985), Harold Kroto, interessado no seu invento, em Rice, conseguiram vaporizar amostras de grafite, que resultaram em pequenos e inesperados agregados, os fulerenos, uma novidade de estrutura esférica. Este novo arranjo de moléculas de carbono não foi assimilado imediatamente pelo meio científico e passaram-se cinco anos até que outra equipe desenvolvesse um método de sintetizar grandes quantidades de fulerenos, para que se fizesse justiça aos três cientistas, abrindo um novo campo de pesquisa em nível mundial e permitindo-lhes a honraria do Premio Nobel de Química (1996).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados