Colégio Web

Reverendo Edmund Cartwright

Publicidade

Clérigo, poeta e inventor britânico nascido em Nottinghamshire, criador e construtor do primeiro tear mecânico movido a vapor, revolucionando a fabricação de tecidos e aumentando sua produção, o qual patenteou (1785). Estudou em Wakefield e e após se graduar na Oxford University (1779), foi nomeado reitor da igreja de Goadby, em Marwood, Leicestershire (1779). Após conhecer (1784) o tecelão e inventor, Sir Richard Arkwright (1732-1792), em Derbyshire, e conhecer as suas instalações de produção, começou a pensar em uma maneira de desenvolver um equipamento que beneficiasse a produção de tecidos e descobriu seu poder criativo. No ano seguinte ele patenteou seu primeiro modelo de tear que instalou em uma fábrica de sua propriedade, aberta em Doncaster.

Tornou-se cônego da catedral de Lincoln (1786), onde passou a explorar mais intensamente seu lado inventivo. Patenteou uma máquina de desfiar lã (1789) e uma máquina de fabricar cordas (1792). Como não era um homem de negócios, quebrou ( 1793) e foi forçado a fechar sua fábrica, mas continuou usando sua criatividade e ainda destacou-se com a invenção de um motor a álcool (1797). Apesar de tantos inventos não fez fortuna, mas o governo britânico premiou-o (1809), em consideração à suas invenções, com £10.000. Com este dinheiro comprou uma fazenda em Kent e passou o resto de sua vida inventando e aperfeiçoando máquinas agrícolas. Suas máquinas a vapor foram, sem dúvida, essenciais para que a Revolução Industrial fosse possível.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados