Colégio Web

René François Walter de Sluse

Publicidade

Cânone e matemático belga, nascido em Visé, Principado de Liège, hoje Bélgica, conhecido por ter escrito muitos livros em matemática. Estudou na Universidade de Louvain (1638-1642) e foi então para Roma onde recebeu um grau de lei da Universidade de Sapienza (1643). Depois estudou vários assuntos como idiomas, matemática e astronomia, especialmente a matemática italiana. 

Trabalhou em cálculo, depois de ter estudado os trabalhos de Cavalieri e Torricelli e, em particular, em Roma, trabalhou na equação para o ciclóide. Tornou-se cânone na igreja (1650), e voltou para Liège. Seu conhecimento em leis ajudou-o a progredir dentro da Igreja e rapidamente ganhou posições de influência. Tornou-se membro do conselho particular do Bispo de Liège (1659) e abade de Amay (1666). Em virtude de suas atividades eclesiásticas seu contato com outros matemáticos foi freqüentemente feito por correspondência. 

Através dessas muitas correspondências regulares com matemáticos da Inglaterra, França e outros países europeus, entre eles Pascal, Huygens, Wallis e Ricci, discutindo espirais, pontos de inflexão, centróides geométricos, etc. Aplicou as teorias de Descartes e Fermat para determinar tangentes e pontos de funções e promoveu a divulgação da geometria cartesiana e publicou um livro que se tornou bastante popular, Mesolabum (1659), sobre construções geométricas das raízes das equações. 

Também publicou Philosophical Transactions (1673) da Royal Society, suas notáveis descobertas (1652-1660), sobre cálculos de tangentes. Foi eleito Fellow da Royal Society (1674) e morreu em Liège. Porém não escreveu exclusivamente em matemática, mas em astronomia, físicas, história natural, história e assuntos teológicos conectado com o trabalho dele na igreja.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados